Ultimate magazine theme for WordPress.

Festival hiphop.doc completa 15 anos com 8ª edição realizada online

Valorizar e fomentar a cultura e o movimento Hip Hop sempre foi a missão do Festival hiphop.doc, que completa 15 anos de trajetória. O projeto, que já recebeu shows de grandes nomes, como Black Alien, Tamara Franklin, Crônica Mendes, Rimas e Melodias, Julgamento, Família de Rua, Roger Deff, Bárbara Sweet e Zimun. Unindo a cultura de rua, o festival celebra as raízes do rap, do hip hop, do break, e do grafite. Criado em 2006 por Barral Lima, sua 1ª edição aconteceu no Centro Cultural da UFMG, na cidade de Belo Horizonte com a realização de oficinas de DJ, Grafite, Rap e Street Dance. Mais de 1500 pessoas foram beneficiadas com seus workshops, palestras e oficinas ao longo desses anos.

O Festival hiphop.doc, em sintonia com os tempos atuais, chega a sua 8ª edição em um formato 100% online e gratuito, com a realização de shows transmitidos a partir de seu canal na plataforma YouTube, com nomes como Neghaum, Mac Julia, Dope Squad, BNTZ, Lariella, M-Djá, Laura Sette, entre outros.

Campanha Unimed

Com produção da J A Ribeiro e apoio do Ministério do Turismo e do Governo do Estado de Minas Gerais por meio da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, o festival vai ao ar nos dias 25 e 26 de junho, com acesso pelo link YouTube.com/hiphopdoc.

PROGRAMAÇÃO

M-DJÁ, Mago e Burê Jason

Nascidos e criados em Conselheiro Lafaiete, M-DJÁ, Mago e Burê Jason, acompanham as atividades do Festival HipHop.doc desde a realização da 1a edição, em 2006. Artistas de RAP e amantes da cultura Hip Hop, os MC ‘s agora passam de público do evento a nomes na programação do mesmo, tendo a oportunidade de estarem no palco do evento pelo qual passou algumas de suas maiores inspirações. Para os artistas, “o festival é mais do que um evento, é a oportunidade para se reunir e celebrar a cultura Hip Hop com pessoas de diferentes lugares de Minas Gerais e do país” afirmam.

Laura Sette

Original e diferenciada, Laura Sette vai do Funk, ao RAP passando pelo RnB e pelo Trap. Após um ano lançando singles com experimentações audiovisuais e lyric videos, a artista fecha o ano com o lançamento do seu primeiro EP: “Corpo, Alma e Consequência”, que foca no dualismo de sentimentos que uma mulher pode ter. Um trabalho maduro, mas que traz o frescor de uma nova artista.

Neghaum

Atuante na cena hip-hop desde 1999, Neghaum é considerado um dos principais nomes do RAP em Belo Horizonte. No final de 2012 encerra as atividades de sua primeira banda, a Kontrast, e retorna solo ao cenário musical do RAP, com o single “Na Paralela”. Lança, em 2017, o disco “Outro Efeito” composto por 11 faixas, com produção musical de Coyote, Dj Spider, Dj Sense, Eazy CDA e DJ Cost – trabalho que lhe rendeu frutos em festivais de música como “Som Plural” realizado em Itabirito, com a música “SEMENTES”, vencedora de melhor letra. O artista carrega um legado com várias parcerias musicais durante sua caminhada com nomes como Retrato Radical, Família De Rua e Tião Duá.

DOPE SQUAD

Dope Squad é um grupo de rap de Sete Lagoas (MG) composto por 4 artistas, sendo eles: JazzC (rapper), Bntz (rapper), Surdo Mc (rapper) e Gamanobeat (produtor). Desde 2018, o grupo, que trabalha de forma independente, produz canções autorais baseadas em suas experiências. Com técnica, humor ácido, e críticas sociais, buscamos transmitir nossa energia através da música, que enaltece, para o devaneio das mentes jovens e ora a consciência política.

LARIELLA

Lariella escreveu e gravou seu primeiro rap “Um só” aos 12 anos, em Conselheiro Lafaiete-MG, sua cidade natal. Ingressou na turma de Canto Popular do curso de Licenciatura em Música da UFSJ em 2018, e leciona canto desde então. Em seu canal do YouTube tem registrados clipes de músicas autorais lançados desde 2015, a Mixtape Manumissão que reúne composições do início de sua trajetória no rap e o show de música brasileira “Diáspora”. Suas canções, cujo temas dialogam com cenas do cotidiano, feminismo, autoestima e determinação e estão disponíveis nas principais plataformas digitais de música.

BNTZ

Helio Bicalho, vulgo BNTZ, é um rapper de 24 anos, natural de Sete Lagoas (MG). É considerado uma das principais referências na cena de Rap e Hip Hop de sua cidade, tendo atuado em carreira solo e também no grupo Dope Squad. Sua principal marca é a versatilidade em transitar entre os sub-gêneros do Rap da atualidade, sem deixar faltar as reflexivas e tradicionais letras marcantes da velha escola. Em setembro de 2020, ele lançou seu primeiro disco de estúdio: “Ascensão do Império de Um Homem Só” ao lado de seu amigo e produtor Victor Gama (gamanobeat). Letras fortes, levadas diferenciadas, uma voz inconfundível e muito grave. Esse é um pouco do que o BNTZ tem a mostrar.

MAC JÚLIA

Mac Júlia é integrante e fundadora do selo Produto Marginal e iniciou seus trabalhos artísticos com 14 anos. Em 2018 estreou o EP intitulado S U A S Ó R I A, produzido na SPC Records. S U A S Ó R I A traz consigo a representatividade feminina na rua, abordando sua vivência como mulher no hip hop. Em 2019 nasce o trabalho “Sextape: Love me two times”, álbum de 7 faixas, com muita referência estética musical dos anos 70. Em seguida, a artista lançou um dos seus maiores hits em collab com o artista PEJOTA, o EP “$IMBIO$E”. Agora, em 2021, Mac Júlia traz seu novo álbum intitulado JUMA – que conta com a produção da Produto Marginal e parceria com vários artistas da cena nacional.

Fonte: J A Ribeiro Comunicação e Cultura

Inscreva-se para RECEBER diariamente uma lista com as nossas principais notícias. É GRATUITO!

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

COMENTÁRIOS