26 C
Belo Horizonte
sábado, 1 outubro 2022
Portal Mais MinasAgenda CulturalFestival de Ópera de Ouro Preto começa neste sábado (17/09)

Festival de Ópera de Ouro Preto começa neste sábado (17/09)

Ouro Preto e a ópera. Simbiose perfeita entre cenário e arte. Moradores e turistas da cidade histórica terão entre os dias 17/09 e 9/10 a oportunidade de se relacionarem com um dos gêneros artísticos mais antigos do mundo. O Festival de Ópera de Ouro Preto prevê a apresentação de clássicos como “A Flauta Mágica”, “O Basculho de Chaminé”, “O Caixeiro da Taverna” e o “Pequeno Teatro do Mundo”.

As obras serão executadas em um dos espaços dedicados à arte mais antigos do país, o Teatro Municipal Casa da Ópera, inaugurado em 1770. A preços populares, entre R$ 5 e R$ 10, o festival vai oferecer ainda apresentações para o público infantil. Os ingressos podem ser adquiridos na plataforma Sympla.  

Flávia Furtado, diretora geral do Festival, afirma que a ideia do evento “nasceu da vontade de preencher os palcos das casas de ópera brasileiras, de impulsionar o setor e, consequentemente, divulgar e promover o acesso da ópera para populações que normalmente não conhecem muito dessa manifestação artística, justamente pela falta de oportunidade”. Para Flávia, Ouro Preto representa o papel que a ópera teve na construção da sociedade.

O diretor artístico Guilherme Bernstein destaca que o país oferece uma potente geração de cantores líricos. “Para isso, nada melhor que um repertório que una o conhecido ao inédito, o tradicional ao contemporâneo em todas as suas formas”, diz.   

Conheça as obras que serão executadas no Teatro Municipal Casa da Ópera

“A Flauta Mágica”, de W. A. Mozart

É considerada uma das grandes obras de Mozart. A ópera narra a jornada do Príncipe Tamino, que com a ajuda de sua flauta mágica, tenta salvar a princesa Pamina, filha da Rainha da Noite. Pamina é mantida presa por Sarastro, que ao longo da peça se revela como um sábio sacerdote, que pede para que o Príncipe Tamino seja consagrado à Ordem de Ísis.

“O Caixeiro da Taverna”, de Guilherme Bernstein

É uma comédia cujo o português Manoel é o gerente de uma taverna que pertence à viúva Angélica. Contudo, Manoel quer ser mais do que gerente no estabelecimento. Quer uma sociedade com Angélica. Essa, por outro lado, deseja que Manoel seja, na verdade, o seu marido. Mas o que ela não sabe é que o português é casado em segredo com a jovem Deolinda, uma costureira. Quem está interessado em Angélica é Francisco, amigo de Manoel. É confusão na certa.

“O Basculho de Chaminé”, de Marcos Portugal

Na peça, o Barão de Monte Albor desconfia da fidelidade de Flora, além da lealdade de seus criados. Para desvendar tudo, o Barão articula com Pieroto, o limpador de chaminés, a troca de identidades. Pieroto, então, se aproveita de seu novo papel de Barão.

Confira a programação completa

17 /09 a 9/10

  • Local: Teatro Municipal – Casa da Ópera
  • R. Brigadeiro Musqueira, 104 – Ouro Preto, MG

17/09, às 19h

  • A Flauta Mágica, de W. A. Mozart
  • Orquestra Sinfônica de Minas Gerais – Coral Lírico de Minas Gerais

23, 26 e 27/09, às 19h

  • O Basculho de Chaminé, de Marcos Portugal
  • Academia Orquestra Ouro Preto

6/10 a 8/10, às 19h

  • O Caixeiro da Taverna, de Guilherme Bernstein
  • Apresentada em parceria com o Coletivo das Artes.
  • Participação de músicos convidados.

6/10 a 9/10 – Programação Infantil

  • “O Pequeno Teatro do Mundo” – Rossini por Um Fio
  • Trechos do repertório lírico rossiniano apresentado pelo projeto de ópera de marionetes desenvolvido por Fábio Retti e Fabiana Barbosa.
  • Horário: 16h
  • Dia 6 – Casa de Gonzaga
  • Dia 7 –  Praça Tiradentes
  • Dia 8 – Praça Antônio Dias- Paróquia de Nossa Senhora da Conceição
  • Dia 9 – Praça Américo Lopes- Chafariz do Pilar

O Festival de Ópera de Ouro Preto é uma apresentação do Instituto Cultural Vale, com patrocínio da Usiminas e parceria é com a Fundação Clóvis Salgado (FCS). Tem apoio da Prefeitura de Ouro Preto, Academia Orquestra de Ouro Preto e do Teatro Municipal Casa da Ópera. A realização é do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Vlaanderen Produções Culturais. A correalização e gestão de recursos captados é da APPA – Arte e Cultura.

Festival de Ópera de Ouro Preto

Fonte: Gira Comunicação Criativa

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: