20.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 5 dezembro 2022

Renova Excursão

Festival Gastronômico de Belo Horizonte foca em sustentabilidade e realiza evento com os restaurantes populares

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania (SMASC), volta a realizar o Festival Gastronômico com os Restaurantes Populares no dia 03 de dezembro. Essa edição tem como tema a sustentabilidade e o uso de ingredientes de origem vegetal no preparo dos pratos, com o apoio do programa Alimentação Consciente Brasil (ACB), uma iniciativa da Mercy For Animals, e da Humane Society International (HSI). O Festival envolve as equipes dos quatro restaurantes populares da cidade para criar um prato principal e uma sobremesa que, se ganhadores, podem entrar no cardápio regular dos Restaurantes.

O evento coroa um processo de três etapas. Na primeira, os colaboradores dos restaurantes populares participaram de capacitações. Neste ano, as capacitações foram oferecidas pelo ACB e a HSI, parceiros da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania (SMASAC), organizadora do evento. Durante os dias 03 a 06 de outubro, o ACB e o HSI ensinaram técnicas gastronômicas vegetais e compartilharam conhecimentos ambientais e nutricionais sobre saúde e mudança climática junto a nutricionistas e equipes de cozinha.

Na segunda etapa, cada restaurante elabora suas receitas, com consultoria das organizações, e faz uma seleção interna entre as receitas para a escolha de um prato e uma sobremesa. A terceira etapa marca o momento da decisão.

O júri, composto por oito pessoas, avaliará os pratos preparados pelos restaurantes populares para definir o vencedor da disputa. Neste painel, profissionais das áreas técnicas e de gestão, incluindo especialistas das áreas de gastronomia e nutrição, provam e julgam os pratos, analisando critérios como criatividade, apresentação visual, sabor, textura, e utilização de técnicas ensinadas nas oficinas.

Como parte do projeto, no dia 7 de novembro, as unidades dos restaurantes populares oferecerão opções à base de vegetais diariamente ao público, fomentando hábitos alimentares mais saudáveis. “Somos parte de um movimento global de promoção de saúde e sustentabilidade que encoraja o aumento do consumo de alimentos de origem vegetal, como base de uma alimentação saudável. São inúmeras as evidências científicas que demonstram que tais políticas alimentares impulsionam o desenvolvimento sustentável, e contribuem para a regeneração do planeta e para a saúde das pessoas no presente, além das futuras gerações”, conclui Alice Martins, Gerente Sênior de Políticas Alimentares do ACB.

Estimativas com metodologia científica do ACB e HSI para o impacto ambiental mostram que, considerando uma refeição à base vegetal por pessoa por semana, ao longo de um ano, tem o impacto de:

– 276 m2 de terra preservados

– 439 litros de água poupados

– 284 toneladas de CO2 não emitidas

“A implantação dessa iniciativa nos restaurantes populares irá proporcionar uma maior acessibilidade à diversidade de alimentos vegetais para a população e a inclusão dessa proposta como temática para o Festival de Gastronomia propicia uma importante conscientização com relação ao impacto da alimentação na saúde e no meio ambiente”, ressalta Thayana Oliveira, Gerente de Políticas Alimentares da Humane Society International.

Este projeto faz parte de um programa maior de parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte para alavancar sua liderança municipal em seus compromissos internacionais como o Desafio de Barcelona, o Pacto de Milão e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas (a ONU). Essa iniciativa contribui para o alcance dos objetivos Fome Zero e Agricultura Sustentável (ODS2), Educação e Qualidade (ODS4), Produção e Consumo Sustentáveis (ODS12), Ação Climática (ODS13) e Parcerias e Meios de Implementação (ODS17).

Para conhecer mais sobre o ACB, a HSI e os recursos oferecidos gratuitamente para os municípios parceiros, entre em contato com a equipe através dos e-mails [email protected], ou acesse alimentacaoconsciente.org e carnesdaterra.org.

Sobre a HSI – Com presença em mais de 50 países, a Humane Society International (HSI) trabalha em todo o mundo para promover o vínculo humano-animal, resgatar e proteger cães e gatos, melhorar o bem-estar dos animais de fazenda, proteger a vida selvagem, promover testes e pesquisas livres de animais, responder a desastres e enfrentar a crueldade com os animais em todas as suas formas. Saiba mais sobre nosso trabalho em hsi.org. Siga a HSI no Twitter, Facebook e Instagram.Sobre a MFA – É uma das principais organizações sem fins lucrativos do mundo dedicada ao fim da exploração animal em fazendas industriais e na indústria da pesca. Fundada há 23 anos nos Estados Unidos e presente no Brasil desde 2015, a MFA atua em outros países da América Latina, no Canadá, na Índia e está expandindo operações no leste e sudeste asiático, para construir um sistema alimentar mais justo e sustentável. Para mais informações sobre a organização, acesse www.mercyforanimals.org.br

Fonte: Valle da Mídia

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: