Governo de MinasNotícias

Anúncio sobre 13º salário do servidores deve ser feito hoje por Zema

No último domingo (27), durante uma visita a vítimas da tragédia ocorrida em Brumadinho, no Pronto-Socorro do Hospital João XXIII, o governador Romeu Zema (Novo) prometeu divulgar nesta segunda-feira (28) a forma de pagamento do décimo terceiro salário referente ao ano de 2018 dos servidores estaduais de Minas Gerais.  A declaração foi dada logo  após o governador ter sido abordado por funcionários do hospital.

A anúncio estava marcado para a última sexta-feira (25), mas foi adiado após todas as atenções do governo se voltarem para o ocorrido no município de Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde a barragem 1 do complexo Mina do Feijão, da mineradora Vale, rompeu-se deixando, até o momento, mais de 50 mortos e cerca de 300 desaparecidos.

O comunicado deverá sair à tarde, logo depois de Romeu  sobrevoar a região onde ocorreu a tragédia, acompanhando a tropa de militares israelenses que chegou ao Brasil neste domingo (27) para auxiliar no resgate das vitimas em Brumadinho.

 

Pagamento do 13º salário

O pagamento do 13º é um assunto que ser arrasta desde o final do ano de 2018, quando o último governador do estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), terminou seu mandato sem pagar o benefício natalino aos trabalhadores mineiros que prestam serviços para o estado de Minas Gerais.

Romeu Zema, assim que assumiu o governo do estado em janeiro, anunciou que o pagamento seria feito de forma parcelada. Na oportunidade Zema ainda  destacou que fará o “possível e o impossível” para que o pagamento seja feito ainda no ano de 2019.

Os salários dos  funcionários públicos de Minas Gerais estão sendo pagos de forma parcelada desde 2016, quando  Pimentel, o governador à época,  declarou estado de  calamidade financeira.

A data do depósito bancário do 13º salário dos servidores estaduais referente ao ano de 2018 ainda não está definida.

Facebook Comentários

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios