Setor cultural de Itabirito recebe recursos da Lei Aldir Blanc

Setor cultural de Itabirito recebe recursos da Lei Aldir Blanc
Imagem: Reprodução

A Prefeitura de Itabirito distribuiu os recursos destinados à cidade por meio da Lei Federal Aldir Blanc. Ao todo, 391 mil reais foram divididos nos dois editais, o Rota da Cultura e o Festival Virtual das Artes, beneficiando 109 trabalhadores da cultura com R$ 1.755,00 cada e 20 entidades culturais com 10 mil reais cada.

“Com a pandemia, nós que trabalhamos com a cultura fomos muito prejudicados. Esse recurso é super bem-vindo para alavancar a economia e ajudar nas despesas do dia a dia”, destaca a musicista Júlia Carvalho, uma das beneficiadas no edital Festival Virtual das Artes.

Campanha Unimed

“Sinto-me orgulhosa de fazer parte do processo seletivo da Aldir Blanc no município de Itabirito. Tudo foi muito organizado, democrático e transparente. Além disso, todo o processo fortaleceu a classe cultural do município e movimentou os artistas à criação em plena pandemia. Depois do processo, nos tornamos mais unidos e motivados a seguir trabalhando pela arte na nossa cidade”, comentou Isabela Dilly, cantora, compositora e atriz participante da Cia Teatral Dona Maria do Fulô.

+ Minas Mais seleciona profissionais para trabalho em Itabirito

No Edital Rota da Cultura, que contempla espaços culturais da cidade, o Museu Jeca Tatu, Coral Canarinhos de Itabirito e as corporações musicais União Itabiritense e Santa Cecília foram algumas das contempladas com o recurso financeiro.

“Assim como as demais instituições, a Corporação Musical União Itabiritense sofreu com a questão da pandemia e, consequentemente, teve uma queda na arrecadação. A Lei Aldir Blanc nos ajuda a amenizar esse impacto da queda de arrecadação e nos possibilita manter um nível apropriado para que a instituição passe por esse momento de forma mais equilibrada e sem criar problemas que possam impactar no funcionamento da mesma”, destaca Leandro Leite, presidente da Corporação Musical União Itabiritense.

Para Júnia Melillo, secretária de Cultura e Turismo, é uma alegria muito grande poder ajudar os profissionais da cultura e os espaços culturais de Itabirito. “Sabemos que 2020 não foi um ano fácil para nós que lidamos com cultura por conta das limitações impostas pelo coronavírus. Esse recurso da Lei Aldir Blanc pôde proporcionar aos itabiritenses envolvidos no setor um alívio, pois todos estão com suas atividades culturais paradas há mais de oito meses. Fomos muito criteriosos para que os recursos chegassem para os verdadeiros merecedores, que são as pessoas que fazem a cultura de Itabirito acontecer”.

Lei Aldir Blanc

A Lei nº 14.017, de 29 de junho de 2020, denominada de Lei Aldir Blanc, foi criada com o intuito de promover ações para garantir uma renda emergencial para trabalhadores da cultura e manutenção dos espaços culturais brasileiros durante o período de pandemia do Covid‐19.

A relação dos contemplados nos dois editais encontra-se no site oficial da Prefeitura.

Inscreva-se para RECEBER diariamente uma lista com as nossas principais notícias. É GRATUITO!

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

COMENTÁRIOS

Rodolpho Julio Marci Bohrer é socio-fundador e diretor geral do Mais Minas. Estuda jornalismo na Universidade Cruzeiro do Sul e atualmente é repórter de política, cidades e loterias.

Contato: [email protected]