O que você procura?


Artesanato em Minas Gerais busca espaço no mercado digital e ganha catálogo online do Sebrae Minas

Redação Mais Minas 17 de dezembro de 2020 às 10:24
Tempo de leitura
5 min
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

O tradicional Catálogo de Artesanato de Minas Gerais chega na 7ª edição como uma novidade que promete causar impacto na vida dos artesãos. Pela primeira vez, com o apoio do Sebrae Minas, o catálogo será disponibilizado em versão online. A ideia é fazer com que os artesãos ganhem maior visibilidade e, assim como acontece em outros setores, se aproveitem do crescimento do comércio digital no Brasil.

Essa edição digital do catálogo será gratuita, e estará disponível no site oficial do Sebrae Minas. O objetivo da instituição é usar a internet como uma ferramenta para facilitar a vida dos lojistas, fazendo com que não seja necessário ter um espaço físico para mostrar os produtos. O catálogo conta com imagens, informações detalhadas e o contato dos artesãos. Isso deve ser o suficiente para facilitar a interação com os consumidores.

Segundo os organizadores, o catálogo conta com mais de 200 peças produzidas em cerca de 70 municípios mineiros diferentes. Assim, a 7ª edição do Catálogo de Artesanato de Minas Gerais conta com 150 artesãos prontos para sair do espaço físico e explorar o comércio digital. Uma atitude que promete transformar os negócios, e que pode ganhar cada vez mais espaço durante os próximos anos.

Apesar da ação inédita, a presença de artesãos mineiros no mercado virtual não é bem uma novidade. Em maio deste ano, nós mostramos o sucesso das bordadeiras de Barra Longa durante a Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos Digital (FINCC), que aconteceu online e contou com produtos das artesãs locais. A iniciativa foi elogiada e considerada positiva para o comércio em 2020.

Varejo online

Desde o início do ano, o e-commerce no Brasil mostrou um crescimento surpreendente para os analistas. Apenas no primeiro semestre, as vendas online cresceram 47% em relação aos números de 2019. Além disso, as expectativas para o final do ano, principalmente com a Black Friday e com o Natal, é de um aumento que fique na casa dos 75%. Ou seja, um número bastante otimista com as vendas pela internet.

Esse aumento do e-commerce acontece por diferentes motivos, que entre eles está o maior acesso da população brasileira a uma internet de qualidade. Entretanto, é o uso do marketing digital como ferramenta de propaganda que merece algum destaque. Diferente de ações físicas, como outdoors e panfletos, as propagandas virtuais costumam ser mais diretas. Por exemplo, segundo a lista do site Implantando Marketing, as maiores empresas de varejo costumam chamar atenção dos clientes com cupons e descontos oferecidos nas redes sociais. Já no entretenimento digital, as indicações do portal Casinos.pt mostram que as principais plataformas de cassino online costumam oferecer bônus para os novos usuários cadastrados. Assim, é possível entender melhor como funcionam essas ações virtuais, que acabam sendo mais personalizadas e diretas com os potenciais clientes.

A maior prova que o marketing digital funciona é o sucesso recente do comércio online, principalmente em Minas Gerais. Em novembro deste ano, por exemplo, o Mercado Livre anunciou a instalação de um centro de distribuição na cidade de Extrema. A ideia da empresa de comércio virtual é agilizar a entrega de produtos, e acompanhar o crescimento do e-commerce em território mineiro e também em todo o Brasil.

Outros investimentos

O Mercado Livre não é a única empresa que está apostando em Minas Gerais. Neste ano, em Betim, a Amazon anunciou um investimento de R$ 120 milhões em um centro de distribuição avançado e que poderá ser usado para preparar encomendas de todo o país. Isso mostra a importância do estado, e a ampliação do comércio online, que costuma dar espaço para negociantes menores.

A ideia é conseguir cada vez mais investimento no e-commerce e mostrar que até o novo empreendedor pode conseguir espaço na internet. Afinal, com o uso das redes sociais, é possível que qualquer empresa consiga um maior alcance. O varejo online está mudando o comércio em um movimento acelerado. Em 2020, as vendas foram uma prova de que o futuro deverá ser bastante digital.

O Catálogo de Artesanato de Minas Gerais em versão online é uma prova desse crescimento, e também da adaptação que diferentes setores estão passando. Atualmente, as mudanças estão acontecendo de maneira rápida, principalmente com a internet. Existe espaço para diferentes mercados online, porém alguns precisam de mais ajuda para se adaptar. Por isso, o trabalho do Sebrae Minas com os artesãos mineiros é tão importante para fazer com que o mundo digital chegue nas mãos de todas as pessoas.

Última atualização em 27 de agosto de 2021 às 10:27