Belorizontinos lançam CD na Virada Cultural, com participação de Fernanda Abreu

Por

Os músicos que compões o Bloco Chama o Síndico ficaram conhecidos na capital mineira por arrastar multidões durante o carnaval. Eles deram o ponta pé inicial na banda em 2012, quando vinte jovens se reuniram com o intuito de homenagear Tim Maia e Jorge Ben Jor.

A banda traz arranjos irreverentes  e cheios de brasilidade aos clássicos dos ícones do soul no país, e não param por aí. Eles também produzem suas próprias canções.

No próximo dia 20 de julho, o Bloco Chama o Síndico vai lançar seu primeiro álbum “Um Dia Eu Chego Lá”. O show de lançamento fará parte da programação da Virada Cultural de Belo Horizonte 2019.

O disco é uma releitura de parte do repertório de Tim Maia, e conta com 10 faixas. Os arranjos são assinados coletivamente pelos 11 integrantes da banda, e apresentam uma releitura baseada em ritmos brasileiros, trazendo uma nova sonoridade para clássicos como “Me dê motivos” e “Canário do Reino”.

O grupo vai se apresentar na Praça da Estação, região central de Belo Horizonte, onde o público pode esperar um grande show com a participação luxuosa de Fernanda Abreu.

Já o CD conta com participações mais do que especiais como: BNegão na música “Terapêutica do Grito”, Kainná Tawá em “Guiné Bissau Moçambique e Angola” e “Matéria Prima” na faixa-título do disco.

A banda é formada por Juventino Dias (trompete), Zé Mauro (guitarra e voz), Glauco Mendes (bateria e eletrônicos), PG Rocha (congas), Vinicius Ribeiro (baixo e voz), Daylon Gomide (percussão), Leonardo Brasilino (trombone), Tiago Ramos (saxofone) e Bruno Titio (percussões), Nara Torres (surdos) e Matheus Rocha (voz).

Ao longo dos anos, a banda já dividiu os palcos com grandes nomes como Jorge Ben Jor, Nação Zumbi, Planet Hemp, Paralamas do Sucesso, Criolo, dentre outros.

Sobre o Bloco Chama o Síndico

Amigos apaixonados por Tim Maia e Jorge Ben Jor. E pelo carnaval. “Por que não inserir a música de dois dos maiores nomes da nossa música na democrática folia brasileira?”

Foi com esse objetivo que cerca de 20 amigos se reuniram e, em 2012, criaram o Bloco Chama o Síndico. Outros tantos chegaram e no ano de estreia, milhares de pessoas se espremeram pelas ruas do centro da cidade para acompanhar uma bicicleta elétrica. Em 2019, a homenagem a Tim e Ben Jor seguiu firme arrastando um número cada vez maior de foliões e folionas.

Chama o Síndico arrasta multidão na explanada do Mineirão no carnaval de BH 2019 – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

Show de lançamento do disco “Um dia eu chego lá”, disco de estreia do Chama o Síndico

Data: 20 de julho de 2019
Sábado às 22h
Local: Praça da Estação
Entrada franca:

O disco será lançado em todas as plataformas digitais no dia 19 de julho.

Deixe seu comentário

Tags :

Postado em 17 de julho de 2019