Literatura Categoria

Por que o Prêmio Nobel de Literatura não será concedido em 2018?
O Prêmio Nobel de Literatura de 2018 não será concedido este ano pela primeira vez em quase sete décadas, devido a um escândalo de estupro e agressão sexual. “O Prêmio Nobel de Literatura de 2018 será designado e anunciado ao mesmo tempo que o vencedor de 2019”, disse a Academia Sueca em um comunicado. A instituição, fundada em 1786, já havia optado em sete ocasiões anteriores por suspender o prêmio: em 1915, em 1919, em 1925, em 1926, em 1927, em 1936 e em 1949. “Em cinco dessas ocasiões, oLeia Mais
Por que a leitura é importante?

Postado em setembro 13, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

Por que a leitura é importante?

A leitura é essencial para o funcionamento da nossa sociedade. Ainda existem milhares de pessoas que não sabem ler nada ou o suficiente para compreender as instruções de uma bula de remédio, por exemplo. Ler é uma habilidade vital para encontrar um bom trabalho. Muitos trabalhos com altos salários exigem leitura como parte do desempenho no trabalho. Existem relatórios e e-mails que precisam ser lidos e respondidos. Habilidades precárias de leitura aumentam a dificuldade de encontrar trabalho ou de crescer profissionalmente. Uma pessoa que não tem o hábito da leituraLeia Mais
O que é leitura?

Postado em agosto 27, 2018De João Paulo SilvaEm Dicas, Literatura, Universo dos Livros

O que é leitura?

Dividido em seis capítulos e com noventa e quatro páginas, “O que é leitura” proporciona uma ampla reflexão da leitura. Todavia, não é objetivo da obra expor conceitos e definições sobre o que é a leitura, mas, sim, sugerir pensamentos e reflexões sobre a leitura. Maria Helena Martins afirma que a habilidade de ler não garante ao leitor a real função da leitura. Segundo a autora, boa parte das pessoas alfabetizadas se limitam no que diz respeito ao verdadeiro sentido da leitura, fazendo uso dela esporadicamente. O conceito de leituraLeia Mais
Déjà vu, sonhos de um futuro incerto

Postado em agosto 12, 2018De João Paulo SilvaEm Dicas, Literatura, Universo dos Livros

Déjà vu, sonhos de um futuro incerto

Em “Déjà vu”, Rafael Vital apresenta ao leitor um tema complexo dentro de um enredo simples, mas humano e realista. Seu protagonista, Fabrício, um jovem como qualquer outro, cheio de vitalidade, mas que possui uma característica peculiar: através dos sonhos ele consegue visualizar aquilo que ainda vai acontecer. São visões que o rodeiam e intrigam desde a infância. Escrito em uma linguagem clara e objetiva, a obra tem um início tenso e se desenrola num ritmo mais calmo, envolta nos misteriosos sonhos. Aliás, um desses sonhos envolve a namorada deLeia Mais
Bienal Internacional do Livro: o paraíso dos leitores
Há mais de 20 anos, o sucesso da Bienal Internacional do Livro de São Paulo reflete a paixão dos brasileiros pelos livros, com um número recorde de livros vendidos nos últimos anos. A partir de hoje, até o dia 12 de agosto, o monumental parque de exposições do Anhembi, em São Paulo, será invadido por editoras, escritores e livrarias que promoverão seus títulos aos leitores ávidos por novidades no mercado literário. É hoje! A 25ª Bienal Internacional do Livro São Paulo começa hoje! O evento não é apenas um acontecimentoLeia Mais
A menina que roubava livros

Postado em julho 28, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

A menina que roubava livros

Qualquer amante da literatura colocaria as mãos no fogo para defender o poder das palavras, o enorme magnetismo que podemos transmitir se as dominarmos bem, se soubermos usá-las adequadamente. As palavras são uma faca de dois gumes, pode servir para construir um mundo melhor, mas também pode mover um povo à histeria em massa e causar uma revolta, uma guerra, um massacre… Este é o jogo que enfrentamos quando lemos “A menina que roubava livros”, do jovem escritor australiano Markus Zusak. Ele nos leva a refletir sobre como o efeitoLeia Mais
O sumiço de T. F. Portsan

Postado em julho 21, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

O sumiço de T. F. Portsan

Joseph Begum Clarke se apresentou e Bill Murdock, o famoso caçador de pessoas desaparecidas, riu porque o sotaque do velho equilibrista era idêntico ao dos ingleses que ele combatera na guerra de 1861. Eu também ri assim que imaginei os dois, em Sacramento, encostados num balcão. Clarke desejava encontrar o filho desaparecido em 1850. “Mas isto foi antes da Guerra de Lincoln!”, disse Murdock, que tinha uma clientela formada por pais de jovens soldados desaparecidos entre 1861 e 1865. Aqui no Século XXI, eu imagino a sua desconfiança diante daqueleLeia Mais
A estrela mais brilhante do céu

Postado em julho 13, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

A estrela mais brilhante do céu

Existe alguma relação entre a estrela de Sirius e o nosso planeta? Sirius (ou Sírio) é a estrela mais brilhante do céu noturno. Ela brilha com magnitude -1,46, magnitude superada apenas por alguns planetas, a lua e o sol. É uma estrela branca, 25 vezes mais brilhante que o sol. Pertence à constelação do Mayor do Canis Major (Cão Maior) e pode ser vista a partir de qualquer ponto da Terra. O termo Sirius deriva do latim sīrius e do grego σείριος (seirios, “brilhante”). “Filhos da Estrela Azul – Exilados de Sirius”, obra espiritualista do escritor Francisco Martins relataLeia Mais
O Regresso

Postado em julho 6, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

O Regresso

1823, os Estados Unidos são uma nação relativamente jovem, selvagem, atolada em uma época mitológica onde das lendas nascem grandes exploradores, lutando contra tribos indígenas em expedições históricas que buscam abrir rotas de comércio em todo o norte da Europa. O livro “O Regresso”, de Michael Punke, baseia-se na história real do caçador Hugh Glass, um explorador experiente e um dos mais renomados aventureiros de sua época. Em uma de suas viagens, acompanhando um grupo de caçadores e comerciantes de pele de castores que retornavam de uma expedição para defenderLeia Mais
Monteiro Lobato, o homem que deu início à Literatura Infantil
Em 04 de julho de 1948 morria, aos 66 anos, o escritor José Bento Renato Monteiro Lobato. Nascido em Taubaté, interior de São Paulo, Lobato é conhecido por sua dedicação à Literatura Infantil, tendo produzido obras como o maravilhoso e inesquecível Sítio do Picapau Amarelo. A Menina do Narizinho Arrebitado, publicado em 1926, foi o seu primeiro livro infantil. Talvez tenha sido esse o pontapé inicial do que mais tarde seria o Sítio do Picapau Amarelo. Foi através da linguagem infantil que ele encontrou a “fórmula” para preparar as criançasLeia Mais
Confissões de uma adolescente - Alys - Elemento Alpha

Postado em junho 29, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

Confissões de uma adolescente

O verão em Khepri, capital de Einyrs, antigo continente sul-americano, costuma ser mais quente que o habitual. É preciso beber muita água e sempre molhar o rosto e a nuca para conseguir suportar as altas temperaturas. O clima estava quente também na minha relação com meu pai. É comum adolescentes discutirem com seus pais, afinal, são pensamentos diferentes, mas como lidar com essas diferenças? Paciência é fundamental, mas tem momentos que a discussão torna-se inevitável. O ano é 2033, o mundo mudou, mas a difícil relação entre pais e filhosLeia Mais
As melhores frases de Machado de Assis

Postado em junho 24, 2018De João Paulo SilvaEm Datas, Literatura

As melhores frases de Machado de Assis

No último dia 21, comemorou-se o aniversário de nascimento de Machado de Assis, grande escritor da nossa literatura. Nascido em 21 de junho de 1839, neto de escravos alforriados e criado no morro do Livramento, Rio de Janeiro, foi o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras. De acordo com a ABL​, o primeiro livro publicado por Machado de Assis foi a tradução de Queda que as mulheres têm para os tolos (1861), impresso na tipografia de Paula Brito. Para celebrar o aniversário deste grande escritor, selecionei 10 de suas melhores frasesLeia Mais
06 livros da nossa literatura que você precisa conhecer
Tudo o que é brasileiro não presta! É difícil encontrar alguém que nunca tenha escutado comentários como os da frase acima. Há uma espécie de preconceito com tudo o que é produzido dentro do nosso país. Existe uma parcela de pessoas deste país verde e amarelo que insistem em afirmar que tudo o que vem de fora é melhor do que tudo o que é produzido aqui dentro. Infelizmente, isso acontece muito com a nossa música, com o nosso cinema e, principalmente, com a nossa literatura. A propósito, vamos falarLeia Mais
Anjo Mau: ele pode estar ao seu lado

Postado em junho 15, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

Anjo Mau: ele pode estar ao seu lado

É ótimo quando um velho tema parece surpreendentemente novo nas páginas de um livro. Anjo Mau, livro do escritor brasileiro e descendente de croatas Milton Tiutiunic, trata da expulsão do Éden e da influência disso na humanidade. Nazismo. Adolf Hitler. Uma nova realidade, uma outra visão. Ficção e realidade. Ao sopro do vento, Asmir foi criado, a mais bela criatura e a mais semelhante ao criador. Sentindo-se só, implorou por uma companhia. Feita da carne da carne, Osnir surgiu e o amor floresceu. Junto com o amor, nasce também aLeia Mais
A Travessia

Postado em junho 9, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

A Travessia

Raramente o título de um romance reflete com precisão seu conteúdo de forma tão literal. A travessia a que se refere o título do romance de William Paul Young, é a travessia de si mesmo, uma longa jornada por um caminho longo e ermo. Anthony Spencer, neste caso, é quem conduz o leitor à estrada. Se não aprende pelo amor, aprende pela dor, diz o famoso ditado. Tony teve a oportunidade se tornar uma pessoa melhor, mas escolheu, literalmente, se trancar em seu mundo egocêntrico e cheio de dinheiro, com seus interessesLeia Mais
Entre o amor e a fé

Postado em junho 2, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

Entre o amor e a fé

Entre o amor e a fé está o homem, oscilando entre um e outro, encurralado pela alegria do pecado e o prazer do ódio. O homem, perdido na complexidade de sentimentos que o aflige, carrega dentro de si o amor e a fé, mas sem compreendê-los angustia-se dentro da sua pequenez. Paulo, quando escreve à igreja de Corinto, afirma: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor (I Coríntios 13.13). Para Cecília Meireles, poetisa brasileira, o amor pode serLeia Mais
Um dia a evolução não precisará mais de nós
Desde o princípio dos tempos, o homem passou a desenhar suas angústias e esquematizar seus sonhos. Ir à lua, ir a Marte. A ambição de ir além, outrora adormecida, despertou com voracidade e o homem, finalmente, atingiu feitos antes inimagináveis pela limitada mente humana. Mas ainda assim, no pensamento humano, sempre é possível ir além… Buscar fora o que pode ser encontrado dentro, mas guardar e perpetuar o que está dentro para… Para quem? Robôs?! O homem, sempre o homem, e o seu desejo incessante de evoluir a todo eLeia Mais
Caçadores

Postado em maio 18, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

O Limite das trevas

As trevas e a luz dividem espaço neste planeta? Há muito, isto fascina o homem. Com a Literatura e a Ciência envolvidas, então, nem se fala! As primeiras tentativas de explicar o Universo basearam-se num esforço de classificação, organização e registro. Seja no Mahabharata, Bíblia ou Corão, colocou-se tudo o que se conhece no seu devido lugar. Ou melhor, tentou-se. O cientificismo brotaria no Renascimento, erguendo-se no Século XIX, e apartaria o conhecimento artístico daquele obtido a partir do método: aquilo é uma questão de fé. Isto, a verdade. Pode-seLeia Mais
Declaração de amor à Língua Portuguesa

Postado em maio 5, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

Declaração de amor à Língua Portuguesa

LÍNGUA PORTUGUESA… PÁTRIA MINHA O idioma… E o da língua Portuguesa, é uma das línguas mais falada do mundo; a mesma faz parte de minha história de vida, assim como também de muitos outros brasileiros; no meu caso, através do meu sobrenome “Barros”, quando Fernão de Oliveira e João de “Barros” criaram as primeiras gramáticas da língua Portuguesa no século XV, normatizando oficialmente o idioma. Em tempos idos precisamente há cinco séculos com a expansão de novos descobrimentos de terras, a língua Portuguesa sai de sua origem primitiva “Portugal” eLeia Mais
“Rodopios” reúne poemas, contos, crônicas e pensamentos

Postado em maio 4, 2018De João Paulo SilvaEm Literatura, Universo dos Livros

O rodopiar da vida

No decorrer da vida passamos por tantos acontecimentos que chega a ser inevitável a sensação de que tudo acontece muito rápido. Que o tempo voa. São tantas coisas que quando nos damos conta, parece que o tempo avançou desenfreadamente. Quem não se lembra do primeiro dia de aula, da formatura, do primeiro beijo, do primeiro amor, do primeiro emprego, do primeiro filho, do primeiro aniversário do primeiro filho… Grandes emoções! Em muitas dessas emoções, sentimos a necessidade de deixar tudo registrado, seja em fotos, vídeos, papel. Hoje em dia, todosLeia Mais