CursosOutras cidades

Cidade de Rio Doce recebe curso gratuito de panificação e confeitaria

Capacitação tem parceria do Senai e faz parte do estímulo à economia local previsto no TAC Fazenda Floresta

Com o objetivo de qualificar a mão de obra e fomentar a economia local, a Fundação Renova está oferecendo cursos gratuitos de panificação e confeitaria em Rio Doce (MG), município atingido pelo rompimento da barragem de Fundão, ocorrido em novembro de 2015. Os cursos têm duração de 75 horas.

As aulas ocorrem na Unidade Móvel do Senai-MG (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), estacionada em frente ao Espaço Múltiplo Uso, na rua Coronel Luiz Torres, 150, Centro.

São 12 vagas no período vespertino que atendem à comunidade de Rio Doce e outras 12 vagas no período noturno, direcionadas para as merendeiras do município. Nesta primeira etapa, a qualificação está voltada para a área de panificação. Na sequência, terá início o curso de confeitaria, nos mesmos turnos.

Para Josiane Sant’Ana de Melo Patrício, da equipe de Economia e Inovação da Fundação Renova, a iniciativa vai contribuir para que as ações compensatórias sejam executadas de forma efetiva. “A qualificação em panificação e confeitaria permitem aos profissionais adquirir conhecimentos práticos e teóricos, como processos técnicos, qualidade e segurança alimentar. O programa visa preparar os participantes para o mercado de trabalho”, diz Josiane Patrício.

Os cursos estão sendo executados pela área de Economia e Inovação em parceria com a área de Recuperação da Usina Hidroelétrica Risoleta Neves (UHE), como parte das medidas de compensatórias e reparatória, previstas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), chamado de TAC Fazenda Floresta e firmado pela Fundação Renova e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

Entre as ações para Rio Doce, estão a construção de um centro de fisioterapia, a aquisição de ambulância, melhoria das instalações do quartel da Polícia Militar e promoção do desenvolvimento econômico.

Como parte do fomento à economia local, desde 2017, são ofertados cursos de formação profissional que preparam o interessado para integrar os projetos de reparação, tornando-o um multiplicador de conhecimento e deixando-o preparado para atender às demandas do mercado.

Em Rio Doce, já foi ofertado o curso de educação alimentar do Projeto Cozinha Brasil, com 70 vagas para trabalhadores de restaurantes, servidores públicos e comunidades locais.

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios