O que você procura?


Vacina da gripe: importante lembrar para não esquecer de vacinar

Pedro Luiz Teixeira de Camargo 15 de maio de 2021 às 18:05
Tempo de leitura
3 min
Foto: Canva
Foto: Canva

Vai chegando o outono e todo ano temos a mesma polêmica: vacinar ou não vacinar contra a gripe? Pensando nisso que trouxe estes escritos, pois penso que podem ajudar a esclarecer os que ainda estão em dúvida acerca disso.

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que o que queríamos mesmo estar debatendo era a vacina contra o COVID, mas como ela está chegando a passos lentos e nem sabemos quando a população adulta terá sua vez, em especial pela incompetência do governo federal, vamos abordar um tema mais próximo da nossa realidade.

É muito comum as pessoas terem receio de vacinação, ainda mais por estas serem cepas tratadas de vírus e bactérias para despertarem no nosso organismo apenas o seu efeito imune.

LEIA TAMBÉM:  Contra o abuso e a falta de noção, greve sanitária é a solução

Muita lenda ainda ronda esta temática, em especial que as vacinas têm o objetivo de matar a população. Nada a ver, a ideia é exatamente o contrário, vacinar para viver mais e evitar complicações com doenças comuns, como o caso da gripe.

A gripe, por ser um vírus mutante, é difícil de ser combatido, daí a importância de se ter uma política pública para isso, que é a vacinação em massa do povo, começando pelos idosos, sendo seguida pelos que possuem comorbidades, profissionais da educação e segurança pública e finalmente o grosso da população.

O ato de vacinar contra a gripe é de extrema importância, haja vista que diminui a chance de se contrair tal virose, melhorando a qualidade de vida do sujeito, afinal ninguém gosta de ficar doente.

LEIA TAMBÉM:  Somente sob a bandeira da unidade teremos como vencer a Saneouro

Se formos pensar por outro ponto de vista, ela também é interessante para o empregador, pois se seus funcionários são vacinados, diminui a chance de faltarem ao trabalho devido a uma gripe forte. Sendo assim, um gestor consequente também incentiva a sua equipe a se vacinar.

Precisamos desconstruir a concepção de vacinação é algo ruim, ainda mais em tempos de obscurantismo onde muitos como os irresponsáveis movimentos anti vacina ganham espaço nas mídias alternativas. Não vacinar a si mesmo e não contribuir para a vacinação de amigos e parentes é uma irresponsabilidade sem tamanho, que em minha opinião deveria inclusive ser considerado crime, pois negar um fato científico e ajudar a sua disseminação não pode ser tolerado em pleno século XXI.

LEIA TAMBÉM:  Pedro Peixe: Referendo da Saneouro já! É hora de ouvir o povo!

Vamos juntos contribuir para o sucesso de mais uma campanha do Sistema Único de Saúde (SUS), lembrando os bons tempos que tínhamos orgulho de ser a pátria do Zé Gotinha.

Até a próxima.

* Esse texto é um artigo de opinião do colunista e pode não representar à posição do portal Mais Minas sobre o assunto.

Última atualização em 12 de setembro de 2021 às 18:06