Franciele Santana
Franciele Santana
Franciele Aparecida Santana é nutricionista graduada pela Universidade Federal de Ouro Preto e colunista de nutrição e alimentação no Mais Minas. Contato: francieleapsantana@gmail.com

Cadê o vapor?

Dentre as opções de métodos de cocção existem características específicas que servem de parâmetro no processo de escolha, sendo que é de considerável importância saber o quão saudável cada um é. 

O cozimento a vapor é considerado o mais saudável, pois esse método além de preservar a cor dos alimentos e conferir uma consistência agradável, ainda evita a perda de nutrientes. 

Em todo cozimento ocorre perda de nutrientes, visto que a água utilizada no processo, ao evaporar leva consigo uma grande quantidade de vitaminas e minerais. Desse modo, os nutrientes serão preservados quanto menor a quantidade de água que for utilizada, sendo assim, pode-se dizer que o cozimento a vapor é o método em que ocorre um desperdício menor, visto que a água do vapor passa pelo alimento, mas volta a cair sobre ele. 

O método do vapor é ideal para o cozimento de legumes mais macios, como brócolis ou mandioquinha, ou mesmo no preparo de carnes, tais como frango e peixes, podendo também ser utilizado para aquecer alimentos, como por exemplo as sobras da refeição do dia anterior.  

Dicas interessantes para preservar ainda mais as propriedades nutricionais dos alimentos consistem em: 

  •  cortar os alimentos em pedaços grandes, a fim de diminuir a área de contato com o vapor e desse modo diminuir as perdas de nutrientes;  
  • no caso específico dos legumes recomenda-se que estes sejam cozidos ainda com casca a fim de criar uma barreira para evitar as perdas.  
  • as preparações só devem ser temperadas após o processo de cocção, a fim de evitar que o sal retire a umidade do alimento.  
  • pode-se encontrar panelas específicas para o cozimento a vapor, no entanto, na falta delas pode-se improvisar um mecanismo utilizando uma panela simples com um escorredor de macarrão em inox ou alumínio. 

Incluir hábitos saudáveis no dia a dia é essencial para melhorar a qualidade de vida, mas para que essa mudança seja sustentável é necessário que seja possível utilizar os recursos disponíveis, pois quando uma prática é onerosa, o prazer e o valor inerentes a ela se perdem, e consequentemente não se consegue desfrutar dos benefícios. 

Leia mais

Seu alimento e seu remédio

Certamente, em algum momento da vida você já questionou se poderia fazer uso de bebidas alcoólicas durante o tratamento com algum medicamento, ou se...

Qual a importância que você dá para a organização da sua geladeira?

Sabe-se que armazenar os alimentos de maneira correta é extremamente importante para que sua integridade seja preservada, e com isso sejam evitadas as perdas,...

Jejum antes de exames laboratoriais: qual o fundamento?

A realização de exames laboratoriais é uma prática comum e de suma importância para o diagnóstico nutricional, mas que sempre gera dúvidas quanto à...

Artigos Relacionados

Você realmente se previne de consumir um alimento fora da regularidade?

Muito se fala sobre as polêmicas fraudes no leite que ocasionalmente são noticiadas e justificadamente causam receio à toda população.    O leite é um alimento...

Leite pasteurizado e leite UHT: você sabe a diferença?

Alguma vez você já se perguntou qual a diferença entre aquele leite do sachê e o leite da caixinha que são encontrados no mercado? Há quem...

Gente que come e não engorda

Todo mundo tem aquele amigo que vira assunto nas confraternizações por ser a pessoa que come “muito” e tem um corpo magro. Não é bruxaria!...

Existe hora pra comer?

A premissa de que devemos nos alimentar a cada três horas é uma das mais conhecidas no que diz respeito a hábitos alimentares saudáveis.   A ideia...