21.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 6 fevereiro 2023

Franciele Santana
Franciele Santana
Nutricionista, natural de Ouro Preto/MG, e uma admiradora da arte da escrita, almejo proporcionar saúde compartilhando meus conhecimentos de modo a agregar melhorias na vida do maior número de pessoas possível.

Desperdício de alimentos: um problema global

A nível mundial, milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas a cada ano e o Brasil está entre os dez países que mais desperdiçam comida no mundo

Um assunto atemporal e de importância mundial é a taxa de desperdício de alimentos.

- Participe da comunidade do Mais Minas no WhatsApp e seja o primeiro a ser informado de novas notícias. CLIQUE AQUI PARA ENTRAR.


Considera-se como desperdício todo tipo de perda relacionada ao descarte de alimentos que ainda têm valor, como quando o comerciante deixa vencer alimentos nas prateleiras, ou quando o consumidor  compra em quantidade excessiva no mercado, ou deixa sobrar comida no prato.

A nível mundial, milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas a cada ano e o Brasil está entre os dez países que mais desperdiçam comida no mundo. Pode-se dizer que quando um alimento é jogado fora, o resultado é que todos os recursos utilizados para a sua produção (desde água, terra, energia, trabalho até o capital investido) também são desperdiçados.

As causas para o desperdício podem ser muitas, dentre as quais a alta perecibilidade do alimento, condições inadequadas de embalagem, manuseio, transporte, bem como armazenamento. Em alguns casos os fatores estéticos também servem de justificativa para o desperdício de alimentos, visto que alguns mercados e consumidores rejeitam pequenos defeitos em frutas e legumes, por exemplo.

Ainda que muitas pessoas tenham o hábito de buscar alternativas que evitem o desperdício de alimentos dentro de casa, apenas esse esforço do público não será suficiente para solucionar este problema, se fazendo necessário que a indústria e varejo também sejam atuantes na missão  de minimizar o desperdício, tomando atitudes de controlar a validade dos produtos no estoque, estimular a compra de produtos com data de validade próxima diminuindo o preço dos mesmos, etc. Além disso, é interessante implantar melhorias que possam  evitar perdas no transporte dos alimentos.

Enquanto consumidores, podemos combater o desperdício de alimentos de variadas formas, dentre elas, preparar quantidades adequadas de alimentos, evitando sobras, o que além de ser uma alternativa para evitar o desperdício também ajuda a economizar no dia a dia; outra opção é reaproveitar os itens já preparados em outras refeições ou usar como ingrediente para outros pratos, por exemplo utilizar a sobra limpa do arroz do almoço para preparar bolinho ou arroz de forno.

O problema do desperdício de alimentos é global, por isso, para minimizar esse problema é necessário um conjunto de atitudes individuais que reflitam no coletivo. Para uma alimentação segura e sustentável é primordial que acima de tudo sejamos consumidores conscientes.

* Esse texto é um artigo de opinião do colunista e pode não representar a posição do portal Mais Minas sobre o assunto.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: