O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

I want um refri?

Franciele Santana 24 de novembro de 2021 às 10:00
Tempo de leitura
2 min
Nutricionista, natural de Ouro Preto/MG, e uma admiradora da arte da escrita, almejo proporcionar saúde compartilhando meus conhecimentos de modo a agregar melhorias na vida do maior número de pessoas possível.

Os refrigerantes à base de cola, embora muito apreciados, frequentemente são acusados de causarem prejuízos à nossa saúde, dentre eles aos nossos ossos e dentes; mas qual seria o embasamento para essa afirmação?

As bebidas à base de cola possuem ácido fosfórico em sua composição. Alguns estudos afirmam que o consumo dessas bebidas pode causar a diminuição da absorção de cálcio que possui grande importância para os nossos ossos. Isso ocorre devido ao fato de que os fosfatos, quando presentes no lúmen intestinal, podem formar cristais insolúveis com o cálcio, diminuindo a absorção intestinal do mineral, o que prejudica a densidade óssea.


É importante ainda lembrar que todos os tipos de refrigerantes por serem ácidos podem afetar os nossos dentes, pois eles podem causar a desmineralização do esmalte dental que ocorre devido a alteração dos níveis de acidez da saliva.

O consumo deste tipo de refrigerante deve ser evitado ou acontecer com moderação, visto que além da presença de fosfatos que podem prejudicar nossa saúde óssea, eles não possuem quantidades consideráveis de nutrientes benéficos, ao passo que são ricos em açúcares, que estão diretamente relacionados a problemas de saúde, desde o aumento de peso a riscos maiores de doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes. 

O consumo esporádico de refrigerantes não precisa ser recriminado, no entanto, deve-se haver um bom senso e equilíbrio, procurando ingerir com mais frequência bebidas mais saudáveis, como água, leite e sucos naturais em vez das industrializadas.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

* Esse texto é um artigo de opinião do colunista e pode não representar à posição do portal Mais Minas sobre o assunto.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.

Última atualização em 24 de novembro de 2021 às 12:16