18.4 C
Belo Horizonte
terça-feira, 31 janeiro 2023

Franciele Santana
Franciele Santana
Nutricionista, natural de Ouro Preto/MG, e uma admiradora da arte da escrita, almejo proporcionar saúde compartilhando meus conhecimentos de modo a agregar melhorias na vida do maior número de pessoas possível.

Nem tudo se resume a calorias

Uma preocupação unânime entre aqueles que buscam uma alimentação mais equilibrada é a quantidade de calorias de um alimento. Sobretudo quem está de dieta faz de tudo para evitar ingerir calorias extras, muitas vezes quantificando-as, fazendo anotações de cada refeição em aplicativos, por exemplo.

Mesmo que se tenha o cuidado em registrar cada caloria ingerida, muitas delas podem passar despercebidas como em balas e outras guloseimas, nas colheres consumidas ao experimentar o tempero de uma preparação, ou mesmo no molho de uma salada.

Antes de fugir das calorias é importante entender nossa relação com a comida, compreendendo que a alimentação não é apenas o ato de comer, e que ter uma dieta saudável não significa apenas controlar a contagem de calorias, mas também preferir por consumir aquelas que carregam maior valor nutritivo, garantindo uma boa quantidade de vitaminas, minerais, proteínas, gorduras boas e fibras na dieta.

Antes de aderir a alguma dieta é necessário que se procure o acompanhamento com nutricionistas, pois são estes os profissionais capacitados para avaliar o estado nutricional individual e assim traçar a estratégia mais adequada conforme o perfil do indivíduo, sem os riscos de uma dieta exclusivamente restrita em calorias e pobre em nutrientes.

O essencial é que melhoremos nossas escolhas alimentares, trocando alimentos ultra processados que sejam pouco nutritivos (mesmo que também pouco calóricos) por alimentos de melhor qualidade (ainda que um pouco mais calóricos), visto que alimentos com conteúdo calórico similar podem ser diferentes em termos nutricionais, como por exemplo, as versões integrais de pães, macarrão e arroz que têm mais fibra do que suas versões refinadas, sendo, portanto, melhores opções.

* Esse texto é um artigo de opinião do colunista e pode não representar a posição do portal Mais Minas sobre o assunto.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: