26 C
Belo Horizonte
sábado, 1 outubro 2022

Sine de Congonhas oferece vaga de açougueiro em 04 de maio

O Sine Congonhas oferece vaga de emprego...

Hoje, 07 de janeiro, é o dia do leitor

Hoje, 07 de janeiro, é o dia...

Estamos aqui

Quando Jéssica Paula decidiu embarcar sozinha rumo à África, não poderia imaginar que encontraria pessoas com histórias tão incríveis vivendo numa realidade tão distante da nossa. A limitação da própria autora não foi impedimento para que ela pudesse viajar três meses sozinha com um par de muletas.

Aos seis anos de idade ela sofreu uma infecção na medula e perdeu totalmente os movimentos da perna direita e, parcialmente, os movimentos da perna esquerda.

Jéssica é natural de Rio Verde, interior de Goiás, e formada em jornalismo pela Universidade de Brasília. Em 2011 realizou um ensaio fotográfico sobre etnias indígenas no interior brasileiro. Na Espanha, em 2012, publicou uma reportagem especial sobre a vida de ciganos romenos na periferia de Madri. Já andou por cerca de 23 países em busca de histórias.

Estamos Aqui
A escritora Jéssica Paula andou por cerca de 23 países em busca de histórias

Neste livro, soma-se mais quatro países da África — Etiópia, Sudão, Sudão do Sul e Uganda — onde existem histórias quase que desconhecidas pelo resto do mundo.

Estamos Aqui é uma grande obra da literatura nacional, um livro-reportagem com um pequeno grandioso relato de tudo o que a autora presenciou e viveu durante o período em que esteve no leste africano, dois meses de viagem para ser mais preciso. Pequeno, porque certamente as histórias são muitas e o livro é uma síntese de todas elas.

Crianças trabalhando como soldados, pessoas mutiladas, com marcas de tiros pelo corpo, passando fome, são algumas das situações que a jornalista encontrou nesses países. No Sudão do Sul, por exemplo, não tem energia elétrica e nem água encanada em todo o país.

Há um estado em Uganda que é expressamente proibido a entrada de estrangeiros lá. Então, a autora pegou uma canga de praia, se enrolou e se passou por mulçumana, com isso ela conseguiu passar quase 24 horas lá, tendo sido expulsa antes. Mas antes de partir, Jéssica conseguiu registrar algumas das poucas imagens do lugar que existem no mundo hoje em dia.

No Sudão do Sul, logo no fim da viagem, Jéssica contraiu malária, mas conseguiu se curar e voltar ao Brasil para nos presentear com esse lindo trabalho. “Estamos Aqui: histórias das vítimas de conflito no leste africano” demorou dez meses para ser escrito, tem 284 páginas e foi lançado em 2015, pela Editora Schoba.

Depois de você ver de perto como é essa realidade, você começa a entender como eles vivem e, principalmente, a saber como você pode ajudar essas pessoas. Pessoas como nós, que ocupam o mesmo espaço que nós, mas que vivem em realidades completamente diferentes e em situações alheias a sua vontade.

Assim que cheguei ao campo de Bambasi, no oeste Etíope, o refugiado Al Bash logo veio em minha direção. Apoiou os braços na janela do carro em que eu estava e disse: “Eu sei porque você está aqui. Você está aqui por causa da gente. Quando voltar pro seu mundo, por favor, conte para eles que estamos aqui.”. Este livro, então, é para todos eles. Que estão lá.’ – a autora.

“Se não puder mudar o mundo, conte sobre isso.” Provérbio Eritrês

Quer conhecer um pouco mais sobre esse trabalho primoroso da Jéssica Paula? Assista uma entrevista da autora ao Programa Especial, um programa da TV Brasil: https://www.youtube.com/watch?v=jU-3pEY0BhQ

Acesse a página oficial da autora para conhecê-la um pouco mais: https://www.jessicapaula.com.br/

Siga-a também no Facebook: https://www.facebook.com/ajessicapaula

Leia também:

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: