18.9 C
Belo Horizonte
sábado, 1 outubro 2022

Sine de Congonhas oferece vaga de açougueiro em 04 de maio

O Sine Congonhas oferece vaga de emprego...

Hoje, 07 de janeiro, é o dia do leitor

Hoje, 07 de janeiro, é o dia...

Nihil, do nada ao tudo

Que sentimento incrível é ler um livro que te faz arrepiar do corpo à alma. Que sensação gostosa é ter às mãos uma história que te instiga a devorá-la de uma única vez. É um prazer inenarrável!

Nihil, é um prazer! A leitura, de um modo geral, é um grande prazer. Da infância à velhice, um livro sempre é a melhor companhia. O que a leitura proporciona ao indivíduo é tão grandioso que é, talvez, a única coisa que ele levará para onde for.

Na infância, aprendemos que temos potencial para ir longe, mas as limitações nos impedem; Na adolescência, as limitações do nosso corpo e da nossa mente diminuem com o nosso desenvolvimento, mas ainda somos limitados; Na fase adulta, já nos consideramos livres e independentes e colocamos na prática o potencial que aprendemos na infância, mas não muito tempo depois vem a velhice para nos lembrar que somos limitados.

Após o auge, o ser humano definha?

Depois de tantas desavenças, tantas ofensas, tantas descrenças, tantas brigas, tantas guerras, depois de tudo, depois do fim, o que nos sobra? Após passarmos por um turbilhão de sentimentos, sensações e ações, nos resta apenas contemplar o fim em meio à neblina?

Nihil é uma neblina! E assim como a neblina, que nãos nos permite enxergar alguns metros à nossa frente, Nihil também não permite. Não obstante, a neblina se dissipa e o que se apresenta é a mais bela das visões: a vida. O livro segue o mesmo caminho e também expõe a sua beleza e a sua delicadeza.

Nihil vem do Latim, quer dizer nada; Nihil, o livro, não é nada, é tudo. Ainda que fragmentado no começo, aos poucos, ele vai se construindo, a neblina vai se dissipando e vai mostrando ao leitor uma grande história.

O poeta brasileiro Augusto dos Anjos e o escritor irlandês Samuel Beckett são algumas das inspirações da autora para compor a obra.

Nihil obstat. Nihil medium est. Nada impede. Não há meio termo para você não ler o livro.

Dia 26 de maio será o lançamento oficial do segundo livro de Carolina Mancini e estão todos convidados a participar.

O livro, que será lançado pela Editora Estronho, já está em pré-venda no blog da autora: http://carolinamancini.blogspot.com.br/2018/04/nihil-em-pre-venda.html

Você também pode ler uma degustação do livro no site da editora: http://www.estronho.com.br/blog/nihil/.

Leia também:

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: