O que você procura?


Tensão nos relacionamentos durante a pandemia: Entenda como resolver!

Elis Bohrer 15 de setembro de 2021 às 16:11
Tempo de leitura
5 min
Foto: Unsplash
Foto: Unsplash

Há muita idealização quando o assunto amor é mencionado. Porém, relações interpessoais, seja de trabalho, familiar ou amorosas, são complicadas e nenhum pouco simples. É preciso conversar muitas vezes e ter bastante empatia para construir um relacionamento bom e saudável.

Mas, chegar nesse estado, não é um mar de rosas como o amor idealizado apresenta.

Além disso, diversos relacionamentos foram muito afetados pela pandemia. Com a quarentena, casais que costumavam se ver frequentemente, não puderam se encontrar mais. E casais que moram na mesma casa, intensificaram sua convivência. 

Tal fato, gera uma grande tensão no relacionamento, porque nenhuma das duas pessoas estão adaptadas a esse novo estilo de vida. Contudo, quando ambos estão dispostos a prosseguir com o relacionamento, não há nada que possa parar. Por isso, leia atentamente os próximos tópicos.

Tenha empatia

Empatia é a capacidade de compreender emocionalmente a outra pessoa, ser capaz de se colocar no lugar dela, de sentir o que ela sente e entender os seus desejos. Primeiramente, ninguém nasce empático. A empatia é construída durante as nossas experiências de vida, o que desenvolve as nossas características pessoais.

Portanto, os erros e as dificuldades que enfrentamos na vida são pontos chaves para a criação da empatia. Afinal, você não vai desejar que algo ruim aconteça ao próximo, principalmente se essa pessoa for alguém amada.

Nossas atitudes podem afetar positivamente os outros e também negativamente, é necessário pensar muitas vezes antes de tomar alguma atitude. Em um relacionamento, a reflexão antes da ação é essencial para a construção de um amor saudável.

Tendo empatia, o vínculo emocional construído pelo casal se tornará ainda maior. Então, nesse momento de pandemia, é essencial criar mais empatia pelo companheiro. Em muitos momentos, conflitos e tensões vão surgir, mas reflita e pense com calma antes de tomar alguma atitude. 

Além disso, respeite os diferentes enfrentamentos de uma crise, ninguém é igual e isso não se torna exceção para casais. Vocês vão lidar com o estresse de maneiras diferentes. 

Também, é importante não ter o hábito de apontar erros e julgar o parceiro. Todo mundo erra e você precisa ter consciência disso. O uso do diálogo é justamente para achar uma maneira de resolver as coisas.

Sexualidade

Falar sobre sexo sem medo, tabus e preconceito será primordial para uma construção mais saudável do seu relacionamento. Quando se menciona sexualidade, muitos pensam  apenas sobre o ato sexual. Porém, todas as formas de amor entram em jogo.

Agradecer e ser simpático são grandes formas de mostrar o seu amor ao companheiro. O sorriso, o carinho são enormes demonstrações de afeto. Não há quem não goste de receber um abraço apertado ou um beijo da pessoa amada.

Ser criativo ajuda bastante o seu companheiro sentir-se amado. Atitudes como fazer o café da manhã, comprar flores ou até mesmo produtos no Sexshop para apimentar a relação sexual, são ótimas alternativas para que o casal se apaixone cada vez mais e mantenham uma forte e intensa relação.   

Diga o que te incomoda

Com medo de afetar o relacionamento, muitas pessoas acabam deixando suas frustrações guardadas dentro de si. Conversar sobre os problemas é uma das partes mais importantes de uma relação

No entanto, diga com respeito, de uma forma gentil e doce, suas frustrações ao outro. Então, nada de conversar estressado, fale e escute o seu companheiro apenas quando estiver pronto para isso. 

O mesmo vale para o contrário, escute atentamente o que o seu parceiro tem a dizer, não se exalte. Após escutar tudo, é possível que não surjam respostas em mente, mas isso é normal. Não tenha medo de pedir um tempo para pensar. Reflita sobre a relação e encontre um caminho que amenize ou resolva o problema.  

Tenha tempo para cuidar de si mesmo

Se você não está cuidando de si, como fará bem ao seu parceiro? Por isso, é essencial o cuidado com a sua saúde. E não apenas a saúde do corpo, mas, também, a saúde mental. Tarefas como fazer exercícios e aproveitar o seu tempo livre fazendo algo que goste, são boas práticas para manter uma vida saudável.

Portanto, cuide bem de você! Quanto melhor for a sua saúde, menos estressado, mais disposto e consciente você se tornará. Por conseguinte, tais ações afetarão o seu relacionamento amoroso positivamente. 

Conclusão

O relacionamento é algo longe de ser simples, entender que nem todos os momentos são bons e perfeitos é primordial para construir uma relação saudável e duradoura. Portanto, tenha muita calma e empatia com o seu companheiro(a). E assim, terão uma longa jornada juntos, repleta de muito amor e felicidade.
Fiquem ligados e acompanhem mais conteúdos como esse no nosso site.