Prefeitura de Uberlândia diz que secretário “se confundiu” e desmente morte por coronavírus

O secretário de saúde de Uberlândia, Gladstone Rodrigues da Cunha Filho, em entrevista à rádio Super Notícia 91,7 FM, havia confirmado a primeira morte no estado por coronavírus, nesta segunda-feira (23). Entretanto, horas depois, a prefeitura da cidade disse que o secretário fez “confusão”.

A vítima seria um idoso de 81 anos que contraiu o coronavírus através de uma transmissão importada, na qual é transmitida em uma viajem ao exterior sob contato direto com alguma pessoa já contaminada ou teve contato com alguém que viajou e importou o COVID-19.

Segundo o secretário, o óbito chegou a ser considerado pouco suspeito, mas com o resultado laboratorial, foi confirmada a primeira morte por coronavírus em Minas Gerais.

Entretanto, em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia diz que, até então, não houve o resultado do exame realizado no idoso de 81 ano que faleceu recentemente com suspeita de coronavírus e que ainda é tratado como suspeito e não confirmado.

Suspeitas

Apesar de não estarem presentes no Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, divulgado nesta segunda-feira (23), há óbitos sendo investigados pelas Secretarias de Saúde de Mirabela, no Norte do estado, Sete Lagoas, na região Central, e em Capelinha, no Vale do Jequitinhonha.

A cidade de Mirabela registrou no último domingo (23) uma morte com a suspeita de coronavírus. Conforme a nota publicada pela Prefeitura Municipal nas redes sociais, o óbito aconteceu no Hospital Municipal São Sebastião, e trata-se de um homem, de 36 anos, que morreu por síndrome respiratória aguda grave.

Em Sete Lagoas, também no último domingo, houve a morte de uma paciente que será investigada se a causa foi o coronavírus, já que ela apresentava quadro de insuficiência respiratória. Segundo a nota da prefeitura, ela era da cidade de Santana de Pirapama e foi atendida na UPA Doutor Juvenal Paiva.

A Prefeitura de Capelinha registrou uma morte suspeita no último sábado (21). Se trata de um homem de 49 anos que foi atendido no hospital São Vicente de Paulo e faleceu por volta das 15h. Também foi encontrado problemas respiratórios graves e febres no paciente.

Coronavírus em Minas Gerais

Minas Gerais tem 128 casos confirmados de coronavírus em 19 cidades, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (23) pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES). E ainda, 7.766 casos estão em investigação como suspeitos e 383 foram descartados.

Belo Horizonte é responsável pela maioria dos casos confirmados, 46,9%; Juiz de Fora fica em segundo com 6,3% dos casos em Minas; Nova Lima é a terceira cidade com maior número de confirmações, 5,5%; com o avanço da doença em apenas um dia, Uberlândia dobrou o número de casos confirmados e é responsável por 4,7% dos casos no estado; Uberaba tem 2,3%; Sete Lagoas tem 1.6%; e Betim, Bom Despacho, Campos Altos, Contagem, Divinópolis, Ipatinga, Lagoa da Prata, Patrocínio e Poços de Caldas representam 0,8%.