Para entender a pandemia: Secretaria de Saúde cria dicionário da covid-19

A pandemia da covid-19 é um desafio sob todos os aspectos e, sem dúvida, um dos maiores já colocados ao homem. Desde o início do ano, o vírus alterou a rotina em todo o mundo. Exigiu novos hábitos, mexeu com as emoções em escala planetária e trouxe para conversas cotidianas e para o noticiário um conjunto de palavras até então pouco utilizadas. São os vocábulos que nos permitem decodificar e entender a pandemia.

Para ajudar a população a entender a doença e seus sintomas, além das medidas usadas na prevenção e no tratamento, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) desenvolveu o Dicionário da Pandemia.

A ideia é traduzir termos técnicos, especializados, para que sejam compreendidos por todos. “Acreditamos que não basta ter acesso à informação. É preciso entendê-la para utilizá-la da melhor forma. Nossa intenção, ao desenvolver este dicionário, é fornecer aos mineiros todas as ferramentas para que eles se orientem durante a pandemia”, aponta o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral.

Confira o conteúdo do dicionário, que também pode ser acessado aqui :

Achatar a curva

Reduzir a taxa de transmissão de um vírus para evitar acúmulo e concentração de casos – pico – em um mesmo período. Importante para que o sistema público de saúde possa atender ao maior número de pessoas possível.

Aglomeração

Grande quantidade de coisas ou pessoas em um espaço. Ajuntamento.

Assintomático

Indivíduo que tem uma doença, mas não apresenta sintomas. Estudos científicos apontam que algumas pessoas com coronavírus não têm sintomas como tosse, febre ou perda de paladar e olfato, alguns dos mais característicos da covid-19.

Ciência

Visa a união entre o conhecimento teórico, a prática e a técnica. Não se utiliza de suposições, mas da comprovação após a aplicação do método científico.

Coronavírus

Família de vírus que causa infecções respiratórias em humanos e animais. Os primeiros coronavírus que afetam humanos foram isolados em 1937. O resfriado comum e a Influenza são exemplos de coronavírus.

Covid-19

Doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, que afeta principalmente o sistema respiratório. Pode ter manifestação variada: de pessoas assintomáticas aos quadros respiratórios graves.

Distanciamento social

Medidas que buscam reduzir o convívio social para evitar a propagação de uma doença. Para exercer o distanciamento, deve-se evitar aglomerações, preferir trabalhar em home-office – quando possível – e evitar o transporte coletivo em horários de pico.

Epidemia

Crescimento de uma doença acima do esperado, espalhando-se rapidamente por diversas regiões.

Imunidade de rebanho

Proteção que surge em uma população quando uma parcela alta de pessoas é vacinada ou já se contaminou pela doença, desenvolvendo a devida imunidade.

Imunização

Aquisição de proteção contra doenças infecciosas. A prática tem como objetivo aumentar a resistência de um indivíduo contra infecções. É administrada por meio de vacina, imunoglobulina ou soro de anticorpos.

Isolamento social

Ato de separar um indivíduo ou um grupo do convívio do restante da sociedade. Esse isolamento pode ser voluntário ou não.

Leito de UTI

Cama de hospital destinada a pacientes em estado grave, equipada com ventilador pulmonar, oxímetro e eletrocardiógrafo.

Lockdown

Medida que significa confinamento ou fechamento total de uma localidade de modo mais radical do que o distanciamento social.

OMS

Organização Mundial da Saúde. Agência das Nações Unidas destinada à promoção da saúde de todos os povos. A OMS entende a saúde como um estado completo de bem-estar psicológico, físico, mental e social.

Pandemia

Disseminação mundial e simultânea de uma doença. Nem toda doença pode se tornar uma pandemia.

Pico

Ponto mais alto na curva de uma infecção.

Platô

Acontece quando há uma estabilidade de novos casos durante um longo período. Assim, em vez de uma curva bem inclinada, como a que forma o pico, ocorre um crescimento horizontal. Acontece quando o número de novos casos ou óbitos fica constante dentro de uma faixa de variação.

Protocolos sanitários

Programação de ações de controle sanitário por meio de inspeção e monitoramento de qualidade de produtos e serviços.

Quarentena

Procedimento de isolamento de pessoas expostas a uma doença contagiosa para impedir sua disseminação.

Respirador

Aparelho que realiza a função da respiração em pacientes com dificuldades respiratórias graves por conta de falhas no pulmão.

Sars-Cov-2

Agente causador da pandemia de covid-19.

Síndrome

Conjunto de sinais e sintomas que define a manifestação clínica de uma ou várias doenças ou condições clínicas.

Síndrome gripal

Conjunto de sintomas que incluem febre, tosse ou dor de garganta.

SRAG

Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Sintomas

Alteração da percepção habitual que uma pessoa tem de seu próprio corpo.

SIVEP-GRIP

Sistema nacional utilizado pela vigilância epidemiológica estadual e municipal para inserção de informações sobre casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Subnotificação

Casos de doença que ficam de fora das estatísticas oficiais porque não foram submetidos a exames diagnósticos ou porque ainda não tiveram resultado de exames que confirmaram a doença.

Surto

Aumento repentino de casos de uma doença em uma região ou local específicos.

SUS-fácil

Software que funciona como ferramenta de regulação assistencial e permite a busca de leito hospitalar em caráter de urgência e emergência.

Swab

Tipo de cotonete estéril que serve para coleta de material para exames microbiológicos com finalidade de estudo clínico ou pesquisa.

Teste de anticorpos

Exame médico que mostra se uma pessoa apresenta anticorpos (células de defesa) para uma doença específica.

Vacina

Preparação biológica que fornece imunidade adquirida ativa para uma doença em particular.

Vírus

Únicos organismos acelulares da Terra; são partículas proteicas capazes de infectar organismos vivos.