Câmara de Ouro Preto aprova projeto que inclui academias, cultos religiosos, autoescolas e outros setores como atividades essenciais

Na 4ª Reunião Ordinária da Câmara de Ouro Preto com a nova composição, um importante Projeto de Lei do vereador Alex Brito (Cidadania) foi aprovado pelo Legislativo na última quinta-feira (14). Com 13 votos favoráveis dos 15 possíveis, a Câmara aprovou a inclusão de novos setores como atividades essenciais durante a pandemia da Covid-19.

Após sanção do prefeito, que ainda pode vetar a proposta ou parte dela, academias, salões de beleza, barbearias, cultos religiosos, clubes esportivos e de lazer, autoescolas, vendas de artesanatos e as lojas em geral serão inseridos como atividades essenciais, não sofrendo mais restrição de funcionamento quando o município for incluído na onda vermelha no plano Minas Consciente. O projeto inicial incluía apenas academias, salões de beleza e barbearias, contudo, emendas ao projeto aumentaram os setores abarcados pela proposta original.

O autor do projeto original Alex Brito ressaltou que tais setores estão fazendo investimentos para se adequarem aos protocolos de segurança.

– As academias fazem o dever imunológico contra o COVID-19, tratando a respiração e muitas comorbidades. E os salões são diretamente ligados às mães de famílias, sendo fonte de sustento de várias famílias. Lembrando que esses setores estão completamente fechados, sem brechas. Além disso, os empresários desses ramos tiveram um desgaste financeiro enorme para se adequar aos protocolos de segurança e querem que a fiscalização aconteça, afirma o vereador.

Covid-19 em Ouro Preto: dados atualizados em 15 de janeiro

  • Casos confirmados: 1885
  • Casos confirmados nas últimas 24h: 40
  • Óbitos confirmados: 45
  • Óbitos em investigação: não há informação
  • Casos recuperados: 1571
  • Casos suspeitos em investigação: 105
  • Descartados (por exame): 3355