O que você procura?


Vereadores de Conselheiro Lafaiete destinam cerca de R$ 2,1 milhões do orçamento impositivo para o combate ao coronavírus

Rodolpho Bohrer 1 de abril de 2020 às 21:30
Tempo de leitura
3 min

A Câmara de Vereadores de Conselheiro Lafaiete aprovou, nesta quarta-feira (1), por unanimidade, a destinação de cerca de R$ 2,1 milhões do orçamento impositivo que iriam receber para o montante de enfrentamento do coronavírus.

Os vereadores também abriram mão de suas indicações para diversas áreas, assim como a metade do recurso que seria destinado para zerar a demanda das filas por exames e consultas.

O vereador André Menezes (PR) sugeriu também que metade do recurso do fundo de iluminação pública, cerca de R$ 6 milhões, fosse usado para o enfrentamento ao coronavírus, porém a legislação federal não permite esse tipo de transferência.

Já o vereador Geraldo Lafayette, durante assembléia, criticou a postura do Presidente da República, Jair Bolsonaro, quanto o combate ao coronavírus, alertando que o recurso do Governo Federal para o enfrentamento do Covid-19 tem encontrado dificuldades para chegar nas cidades pequenas. “Apesar do ar de tranquilidade aparente, o Prefeito Mário Marcus (DEM) está apavorado com a possibilidade de crescimento do contágio”, declarou o vereador.

LEIA TAMBÉM:  Congonhas suspende vacinação contra Covid-19, por falta de Pfizer

Além disso, o Presidente do Poder Legislativo de Conselheiro Lafaiete, o vereador João Paulo Pé Quente (DEM), pediu que fosse enviado um ofício para as imobiliárias da cidade para que haja uma flexibilização na cobrança dos aluguéis. “Quero o apoio dos vereadores no sentido de sensibilizaras as imobiliárias para que, neste momento de pandemia, que ajudem os seus inquilinos e dividam o pagamento dos aluguéis os meses de março e abril. Isso pode desafogar muitos empresários e ajudar na economia local”.

Além disso, Pé Quente criticou os empresários da cidade que ainda mantém seus comércios abertos, desrespeitando o decreto de isolamento social. “Há muitos comerciantes trabalhando com meia porta e continuam vendendo apesar dos pedidos de fechamento. Pensam apenas em sim próprios”, finalizou.

LEIA TAMBÉM:  Alunos da escola de Monsenhor Horta testam positivo para Covid-19, em Mariana

Coronavírus em Conselheiro Lafaiete

Conselheiro Lafaiete tem, atualmente, 159 casos suspeitos de coronavírus, sem nenhuma confirmação da doença até o momento. Porém, um óbito ocorrido na cidade segue em investigação. A Prefeitura Municipal informou que a partir desta quarta-feira irá adotar o modelo de divulgação dos casos semelhante aos Boletins Epidemiológicos do Covid-19 do Governo de Minas Gerais, que aponta o número de casos suspeitos, confirmados, óbitos em investigação e óbitos confirmados.

Veja também: Prefeito de Congonhas, Zelinho, adia pagamentos de taxas e impostos devido ao coronavírus

Última atualização em 13 de setembro de 2021 às 16:01