Ultimate magazine theme for WordPress.

Sem querer, empresária mineira descarta R$ 3 mil no lixo e consegue recuperar dinheiro no aterro

Uma empresária de 39 anos, que tem uma mercearia no bairro Capim Cheiroso, na cidade de Barão de Cocais (MG), jogou no lixo por acidente uma caixa com R$ 3 mil em dinheiro e boletos bancários a pagar e, por incrível que pareça, conseguiu recuperá-la no aterro sanitário de Barão de Cocais. As informações são do Diário de Barão.

De acordo com o jornal, a história insólita ocorreu na segunda-feira (8) à tarde e mobilizou funcionários da empresa Evolução Serviços e Soluções, contratada pela Prefeitura para a coleta de lixo, e até os secretários municipais Rafael Pereira (Meio Ambiente) e Juvenal Caldeira (Fiscalização).

Campanha Unimed

A empresária jogou no lixo uma caixa de papelão que, por descuido, tinha dentro uma sacola com o dinheiro e os boletos bancários. Pouco depois, o caminhão da Evolução passou, fazendo a coleta rotineira. Quando percebeu o que tinha feito, a comerciante se desesperou e pediu ajuda a Rafael Pereira. O secretário rapidamente ligou para o encarregado da empresa, pedindo para interceptar o caminhão. Manoel Messias dos Santos, encarregado da Evolução, contou que estava retornando de Belo Horizonte quando recebeu a ligação de Rafael Pereira. “Quando eu estava passando em Cocais e relataram essa situação, pedi ao caminhão para parar na mesma hora. Junto dos funcionários da Prefeitura e com a empresária seguimos com o caminhão até o aterro sanitário. Chegando lá, o caminhão despejou o lixo e começamos a revirar o lixo até encontrar o dinheiro. Além do dinheiro ainda tinha no meio alguns papéis, que são as contas que ela tinha que pagar”, relatou. O caso é inusitado, admitiu Manoel Messias, mas serve para mostrar a importância de as pessoas terem cuidado na hora descartar o lixo. “Ela estava desesperada e na hora que a gente começou a revirar o lixo todo mundo queria encontrar o dinheiro para poder ajudá-la. É uma história que merece ser contada até para que as pessoas tomem bastante cuidado ao fazer o descarte do lixo”, afirmou.

LEIA MAIS:  Vibradores: o que são e por que fazem tanto sucesso

A comerciante, que pediu para não ter o nome divulgado, disse que os secretários Juvenal Caldeira e Rafael Teixeira ajudaram muito. “Eu pedia a Deus o tempo todo para me ajudar. Eu estava tão nervosa, porque o dinheiro era do meu pai que me pediu para depositar para ele. Quero muito agradecer a Juvenal [Caldeira] e Rafael [Pereira] que foram uns anjos na minha vida. Também ressalto a ajuda dos funcionários da Evolução, que reviraram o lixo para encontrar a caixa. Deus foi muito bom comigo”, contou, emocionada, a empresária.

Fonte: Diário de Barão

Inscreva-se para RECEBER diariamente uma lista com as nossas principais notícias. É GRATUITO!

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

COMENTÁRIOS