Casa e JardimDecoração

Como mudar o visual da sua casa usando papel de parede

A casa moderna é a expressão de seu dono. Ela tem decoração animada e divertida. Apresenta cores e texturas ousadas. Dá sensação de efeito em três dimensões.

E é muito versátil. Dentro dessa questão, se destaca o uso do papel de parede, um coringa em propostas de arquitetura e design de interiores. Veja a seguir qual o jeito certo de explorar este material para deixar sua casa mais bonita!

Foto: Patricia Campanari

Porque apostar no papel de parede para decorar a casa

O papel de parede é um material de decoração especial. Ele pode ser manipulado para provocar os efeitos visuais surpreendentes, interferindo na maneira como as pessoas percebem os espaços.

Todo o cômodo da casa pode ficar mais valorizado e aconchegante com este revestimento. Por isso, vale a pena a pessoa investigar as opções existentes no mercado e as possibilidades de utilização oferecidas!

Foto: Figueiredo Fischer

É certo, o papel de parede pode deixar sua casa de cara nova! Não precisa ficar com medo de ousar, pois, como a tecnologia desse material evoluiu, ele pode ser aplicado tanto em ambientes secos, tipo salas e dormitórios, quanto úmidos, como cozinhas e banheiros.

Inclusive, em locais assim, o papel pode substituir outros revestimentos, como madeira e espelho, e até quadros e outros adornos.

Quando aplicado corretamente, todo papel de parede pode apresentar uma alta durabilidade – até mais que uma tinta acrílica. Há uma chance enorme do arquiteto ou designer conseguir, por meio deste, controlar falhas e imperfeições em acabamentos de superfícies. Também controlar a iluminação – aumentando a reflexão de luz – e a temperatura dos interiores.

O melhor é que para manutenção basta só usar água e sabão!

Foto: Paula Ines Sizinando

Percebe-se, pelas informações apresentadas anteriormente, que o papel de parede acaba se tornando um ótimo custo-benefício. Veja no tópico a seguir como isso se revela nas propostas de decoração de interiores!

Como inserir o papel de parede na decoração dos interiores

Há incontáveis modelos de papel de parede existentes no mercado. O bom é que, como a instalação do produto é fácil, dispensando mão-de-obra especializada, qualquer um pode mudar os cômodos de uma casa rapidamente.

Também é fazer combinações diferentes; misturar cores, texturas e estampas; e criar ilusões de ótica impressionantes. Tudo vai depender das preferências de decoração da pessoa – que, no caso, pode ser você!

Foto: Renata Basques

O fato é que os papéis de parede podem dar mais amplitude, frescor, dinamismo e aconchego aos ambientes, mas para obter tal resultado, deve haver planejamento. Não se aplica um revestimento assim, sem analisar a incidência de luz local, o layout dos móveis, as coberturas de piso e mais.

O material escolhido fica bem em destaque ou sendo complemento, tanto faz. Mas, nunca competindo com o restante da decoração.

Foto: Belluzzo Martinhão

Não existem limites para a imaginação, mas é preciso bom senso. Cometer exageros pode comprometer a proposta. Começando pelo hall de entrada e sala de estar, talvez seja melhor você usar um papel de parede mais requintado e alegre, que convide os visitantes a entrarem na casa.

Escolha um modelo que faça relação com os itens existentes no local. E coloque-o como pano de fundo dos móveis principais.

Em ambientes mais íntimos da casa, como os dormitórios, o melhor é você usar papéis neutros, de tons suaves e linhas geométricas discretas.

Claro que toques de cor sempre serão bem vindos nestas áreas, estimulando o romance nos casais ou despertando a imaginação nas crianças. Só tenha cuidado para não escolher uma cor ou estampa que possa vir a prejudicar a harmonia do espaço ou o relaxamento da pessoa.

Foto: Andrea Petini

Já nas áreas molhadas, é imprescindível usar papéis que sejam resistentes ao vapor de água. Nestes locais, não se pode exagerar na gramatura das estampas. Tampouco nos coloridos, pois se o ambiente tiver dimensões reduzidas, um papel escuro pode fazer o mesmo parecer menor e pouco iluminado.

Portanto, a metragem e o uso do cômodo é que determinarão qual o modelo certo para se utilizar.

Foto: Idealizzare Arquitetos

Quais os papéis de parede tendência no momento

Existe uma infinidade de tipos de papel de parede no mercado brasileiro. A indústria nacional vem se superando e lançando a cada ano mais e mais opções – para todo o gosto e estilo. E é por isso que os arquitetos e designers retomaram o uso desse material em suas propostas, propondo soluções criativas para a sua aplicação em superfícies.

Foto: Danyela Corrêa

Hoje em dia, já existem papéis em vinil – com uma camada de PVC -, que são mais resistentes; e os acetinados, que acumulam menos poeira. Para cada área existe um modelo mais adequado. Mas, escolher um padrão de cor, textura e estampa vai depender mesmo do gosto do proprietário do imóvel – repetindo, você.

Foto: Marli Assis

Os papéis lisos, listrado e floreados todos já conhecem. Mas, agora tem os geométricos; em degradê; com grafismos; e 3D. Também os com desenhos de bichinhos e personagens animados. Os com temas retrô e vintage. Os que imitam plantas, peles, cimento queimado, tijolo e pedra. E os metálicos, que estão na moda no momento.

Foto: MeyerCortez Arquitetura & Design

Então, já escolheu um tipo de papel de parede preferido? Sabe quais modelos iria escolher para a sua casa? Percebeu como é vantajoso usar este material para mudar a decoração dos interiores?

Inspire-se nas imagens e comece agora mesmo a mudar sua casa!

Estas dicas de decoração com papel de parede foram criadas pela equipe Viva Decora.

Deixe seu comentário

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar