Ultimate magazine theme for WordPress.

5 erros que você deve evitar na limpeza da sua empresa

Um local limpo e organizado é fundamental para o sucesso. Isso serve para qualquer ambiente. E com uma empresa não poderia ser diferente.

Se você decidiu cuidar você mesmo da limpeza da sua empresa, ou irá contratar uma empresa especializada no assunto, é importante você saber os principais erros que são cometidos em relação à limpeza da empresas.

Dessa forma, você toma cuidado para que esses erros não aconteçam com a sua empresa e poderá orientar melhor quem executará esse serviço.

1 – Não saber quais produtos utilizar

Limpadores multiuso não serve para tudo. Nem deve ser usado em tudo. Infelizmente, muitas pessoas acham que o limpador multiuso é o único produto verdadeiramente necessário para a limpeza. Mas não é.

Limpador multiuso não é indicado para limpeza do chão, pois pode deixar o chão escorregadio. Também não é indicado para superfície de madeira ou metal. Limpadores multiuso são indicados somente para superfícies laváveis.

A limpeza de equipamentos, como computadores, deve ser feito de maneira cuidadosa, somente com pano úmido, pois o que junta nesses equipamentos é pó, não gordura. Assim, apenas um pano úmido resolve.

Já em banheiros, há necessidade de produtos desinfetantes apropriados. Há produtos de limpeza industrial mais indicados.

Usar sabão em pó para limpar o chão não é uma boa ideia, pois é um produto que foi desenvolvido para retirar manchas de tecido. Se usado no chão, pode acabar deixando o chão opaco, sem brilho.

Para limpeza de móveis, o álcool pode ser utilizado.

Atente para o fato que há diversos produtos para limpeza industrial disponíveis no mercado. São mais adequados e o investimento acaba valendo a pena.

Se for realizar limpeza de máquinas, é fundamental o treinamento, para que a máquina não esteja operante no momento e que o colaborador saiba qual produto utilizar, não trazendo danos à superfície da máquina.

2 – Não investir em um carrinho funcionais

Dependendo do tamanho da empresa, há equipamentos específicos que valem a pena serem comprados, como lavadoras profissionais.

Se você optar por usar equipamentos residenciais, como aspirador de pó usado em casa, robôs aspiradores, ou demais equipamentos desenvolvidos para limpeza de casas, irá perder tempo e a limpeza não ficará apropriada.

Carrinhos funcionais permitem que colaboradores tenham à mão tudo que precisam para concluir com eficiência o processo de limpeza.

3 – Não ter um cronograma de limpeza

Imagina que você vai receber um cliente e bem naquele dia que você escolheu para a reunião, está sendo feita a limpeza do chão da sua empresa. Se você não sabe o dia que a limpeza de chão e banheiros será feita, você já cometeu o primeiro erro.

Um cronograma de limpeza é fundamental não só para que o local de trabalho seja sempre limpo adequadamente, sem esquecer nenhuma área, como também para que você possa manejar melhor clientes.

Além disso, com um cronograma de limpeza, fica fácil estabelecer prioridades e qual equipe comandará e executará a ação.

4 – Misturar produtos químicos

A chamada “misturinha” não é indicada. Produtos químicos são desenvolvidos para serem usados sozinho e não em conjunto com outros.

Infelizmente, essa é uma ação bem frequente ainda em equipes de limpeza, altamente ligada à falta de treinamento. Muitas pessoas acham que se misturarem dois produtos, o efeito de limpeza será aumentado, o que não é verdade.

Além de reduzir a capacidade efetiva do produto, a mistura ainda pode ser tóxica e perigosa, trazendo riscos à saúde.

Portanto, oriente a equipe e utilize os produtos selecionados sozinho, sem realizar qualquer mistura.

5 – Não investir em treinamento ou equipe especializada

A equipe responsável pela limpeza deve ser sempre treinada. Além de utilizar o equipamento de proteção individual (EPI) correto, é necessário haver treinamento de como a limpeza tem que ser feita.

Muitas empresas preferem contratar uma equipe especializada, mas é sempre bom acompanhar os processos de limpeza, inicialmente, para verificar se está havendo cuidado e atenção no desempenho da função, justamente para não haver acidentes ou deterioração de equipamentos.

Dependendo do tamanho da empresa, você pode optar por fazer sozinho (a) a limpeza, mas lembre-se sempre de seguir as dicas, se informar e atentar para o cuidado com máquinas e equipamentos.

Comentários do Facebook