O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Dificuldades na organização da casa? Veja dez dicas infalíveis

Elis Bohrer 6 de novembro de 2021 às 15:52
Tempo de leitura
6 min
Cozinha organizada. Foto: Pixabay
Cozinha organizada. Foto: Pixabay

Com o tempo cada vez mais curto devido a correria cotidiana, as pessoas estão progressivamente, perdendo aquelas horas que antes eram dedicadas à organização da casa. Outros, ainda que tenham tempo de sobra, optam por gastá-lo praticando outras atividades, por isso preferem uma arrumação mais versátil. Tem também um terceiro grupo, o que é formado por pessoas sem noção alguma no que diz respeito ao lar.  

Para esses três perfis existem maneiras que podem contribuir na otimização do tempo e formas mais práticas de como organizar a casa


Porque a organização da casa é importante?

A organização de um lar é importante para manter as funcionalidade básicas. É impossível acordar e preparar um café da manhã sem que as louças estejam limpas. Quem está com horário marcado para entrar no trabalho, escola ou faculdade, pode se “embananar” caso precise antes de preparar o café, lavar a louça. 

Este foi apenas um exemplo, ainda existem outros mais complicados ainda. Imagina precisar de uma roupa e não encontrá-la dentro de sua própria casa.

Situações como essas além de tomarem muito tempo, podem deixar os moradores de uma casa desorganizada muito frustrados, com a sensação de que não se organizou o suficiente. 

Além do tempo e da questão psicológica, é importante manter o local onde vivemos nos “trinks” por questões estéticas. Afinal quem gosta de  durante o momento de descanso olhar para o lado e ver um monte de roupas, calçados e objetos espalhados pelo chão do quarto? Ou se alimentar olhando para o lixo que está na pia da cozinha? Inclusive aqui temos um quarto fator, a higiene. 

Se está com dificuldades nesse sentido, fique tranquilo, certamente não estará sozinho. Ainda que com base em todos os argumentos acima, você chegue à conclusão de que é melhor viver em uma casa organizada, é preciso ter cautela com os exageros!

Vejamos algumas dicas que podem te ajudar a resolver esse problema de forma mais fácil.

Arrumando a casa 

Regra dos cinco minutos 

O conceito “regra dos cinco minutos” foi criado por Trent Hamm, um economista e autor de vários livros, que ficou conhecido pelos seus aconselhamentos em finanças pessoais, atualmente ele escreve para grandes veículos de comunicação, como a Forbes, New York Times, entre outros. 

Segundo Hamm, existem algumas atividades que conseguimos fazer usando apenas cinco minutos do nosso dia, mas que por procrastinação, deixamos para depois, só que depois teremos acumulado várias atividades de cinco ou mais minutos cada, acarretando no acúmulo de responsabilidades, que levarão um dia inteiro para serem cumrpidas. 

Tarefas que levam menos de cinco minutos para serem realizadas em casa

Arrumação da cama
Tirar a roupa do cesto e colocar na máquina de lavar (menos de cinco minutos)
Lavar a louça assim que terminar a refeição
Levar o lixo para a lixeira
Estender a roupa
Colher a roupa do varal
Organizar a pia do banheiro 

Arrumação por cômodo 

No caso de arrumações mais pesadas, é importante que ela seja feita por cômodo. Primeiro você se dedica, com calma a um espaço, em seguida, na medida em que for terminando, passa para outro.

Pense duas vezes antes de tirar tudo dos armários da cozinha, ou todas as roupas de todos os guarda roupas de uma vez, depois você será obrigado a terminar a faxina geral. O que não é interessante, uma faxina pode ser fragmentada, sendo realizada um pouco por dia. 

Analise os hábitos do ambiente

É bom refletir sobre os hábitos das pessoas que utilizam o ambiente, no caso da cozinha, por exemplo, é bom analisar, é usada para o café da manhã? As pessoas confraternizam, consumindo bebida alcoólica com frequência? Como são realizadas as refeições?

Isso vai impedir que os moradores se preocupem com utensílios que não são utilizados. Ainda que pareçam pequenos em grande quantidade, além de ocuparem espaço mental e físico, ainda precisam frequentemente serem limpos. 

Análise do espaço

Você sabe quanto espaço possui em seu guarda-roupa ou armário? Ou é do tipo que sai comprando um monte de coisas e jogando tudo lá dentro dos móveis, quando não cabe mais dá um “jeitinho” e nunca mais encontra?

A dica aqui é pegar uma fita métrica e pensar o espaço disponível em cada cômodo, sempre pensando na sua realidade financeira. 

Escolha bons organizadores 

Tipos de organizadores

Colmeia
Cabide
Gabarito de dobra
Nicho
Prateleira
Organizador de andares
Suportes

Coisa com coisa 

Chegou a hora de separar os objetos da sua casa por categoria. Aqui você pode se surpreender com a quantidade de um mesmo item que você tem, colher, por exemplo.

Então abra um pano ou um plástico e comece a separar, garfo com garfo, calcinha com calcinha, batom com batom, chave de fenda com chave de fenda. 

Eliminação

Agora que você descobriu a quantidade de objetos repetidos que você adquiriu, é hora de dar tchau, desapegue!

Dentro do processo de descarte é preciso ter clareza sobre o que é lixo, sobre o que você quer doar ou você pode optar por fazer um dinheiro vendendo em plataformas disponíveis para isso na internet, também é válido.

Separe também uma sacola com as roupas que você não quer desapegar, mas que precisam de ajustes. Mas não caia na besteira de ficar com essa sacola um ano guardado em casa, leva e resolva logo o problema. 

Faça suas necessidades básicas antes de encontrar no cômodo escolhido

Vai iniciar a arrumação, já come, vai ao banheiro, leva uma garrafa de água para não precisar sair dele, pois pode gerar distração. Você pode cair na besteira de ver algo fora do lugar e começar outra arrumação dentro da sua arrumação. 

Terminou? Que tal fazer um manual sobre a sua casa?

Com posse das informações acima, presumimos que agora você conhece mais profundamente o seu lar. Organizar é também criar meios, processos que podem ser colocados no papel para que você não se esqueça e quando for realizar a próxima arrumação já tenha tudo anotado. Assim você já ganha um tempinho para se dedicar a você mesmo!

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.