O que você procura?


Tipos ideais de plantas para sala

Elis Bohrer 28 de junho de 2021 às 16:07
Tempo de leitura
4 min
Foto: Canva
Foto: Canva

Ter plantas em casa significa sempre ter companhia. Além dos benefícios psicológicos, pois estar em contato com a natureza (nem que seja pouca coisa) diminui, consideravelmente, os níveis de stress e desperta no ser humano maior potencial criativo. Mas será que sabemos quais são os tipos ideais de plantas para sala, por exemplo?

Principalmente agora, neste momento de pandemia, em que muitas pessoas estão trabalhando em casa, a presença das “amigas verdinhas” se faz ainda mais necessária. Para além de serem capazes de filtrar o ar gerando maior oxigênio, as plantas energizam o ambiente, gerando maior estímulo físico.

Enfim, há uma lista extensa de benefícios que as plantas podem entregar ao ser humano, como a redução da temperatura ambiente, a criação de isolamento sonoro e geração de biodiversidade em cidades urbanas. Contudo, para começarmos o processo de cultivo, precisamos saber que plantas são essas que podemos ter dentro de casa, especificamente na sala.

Dracena

Popularmente conhecida como Coqueiro de Vênus, a Dracema é uma das plantas para sala que vamos apresentar nessa matéria devido principalmente à sua beleza. Com folhas longas que chegam a cair para baixo e com brilho incrível, a Coqueiro de Vênus quando bem cuidada, é uma planta que se impõe pela sua estatura.

Ela entrega ao ambiente um charme especial, por causa da sua pigmentação, que hora pode estar totalmente verde, outras recebe “rajadas” amareladas.

É uma planta que precisa de luz solar, por isso deve ser posta no local mais claro da sala. Outra questão importante para o seu cultivo é regar diariamente e a adubação.

Jiboia

Realmente a Jiboia não se trata apenas de uma espécie reptil, como também uma maravilhosa planta e perfeita para ser aplicada na decoração da sala.

Plantas para sala geralmente são de fácil cultivo, pois a maioria das pessoas que as utilizam como peça decorativa moram em ambientes urbanos, pessoas do campo, geralmente possuem espaço para plantar ao ar livre.
A Jiboia cresce rapidamente, sua peculiaridade está nas folhas largas de um verde único que recebe partes amarelas. Ela é uma planta pendente, tipo trepadeira, mas com um caimento excepcional, que não precisa de muita luz para se desenvolver, nem regar diariamente.

É importante destacar que a Jiboia é uma planta tóxica, logo quem tem criança ou bicho de estimação em casa deve escolher lugares altos, como prateleiras ou nichos.

Antúrio

Antúrio – Foto: Canva

Quando temos o primeiro contato com a Antúrio, temos um verdadeiro “choque”, por isso ela é uma das plantas para sala mais requisitadas. Entretanto na hora de decorar, devemos ter alguns cuidados.

Antúrio tem flores vermelhas e folhas de um verde muito escuro, as duas cores se contrastam, se harmonizando perfeitamente, entregando um “mood” rústico. O desafio aqui é ornar a planta com demais objetos e móveis da sala, que devem estar com tons neutros ou semelhantes às cores da espécie.Ela gosta de sombra e água, sendo assim, seu vaso não deve ser colocado em locais com intenso contato com a luz e deve ser regada frequentemente, sua terra deve sempre estar úmida e adubada.

Outras plantas

Além das espécies mencionadas acima, outras também são incrivelmente perfeitas para decorar a sala. São elas:

  • Pleomele
  • Lírio da Paz
  • Palmeira Areca
  • Palmeira Ráfis
  • Singônio
  • Jade
  • Cacto
  • Samambaia
  • Ripsalis
  • Espada de São Jorge
  • Orquídea
  • Costela de Adão e
  • Zamioculca

Agora que já conhecemos diversas espécies de plantas para sala, chegou a hora de escolher a/as melhor/melhores opções, decisão difícil, não? A dica é escolher plantas que  façam parte do estilo da casa e das pessoas que nela vivem, a personalidade é tudo dentro de uma decoração, seja criativo.

Outro fator importante a se considerar é o espaço. Se sua sala for muito pequena, não faz sentido ter uma planta exorbitante, da mesma forma se for muito grande, considere não colocar um vasinho pequeno. Os tamanhos devem ser proporcionais.

Última atualização em 28 de agosto de 2021 às 16:11