O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

MEC autoriza aulas online do ensino superior até 31 de dezembro

Rômulo Soares 17 de junho de 2020 às 17:17
Tempo de leitura
2 min

O Ministério da Educação (MEC) estendeu a autorização de aulas a distancia em institutos federais de ensino superior até 31 de dezembro de 2020. Além disso, a portaria do MEC também flexibiliza os estágios e as práticas laboratoriais, que podem ser feitos a distância durante o período de pandemia, exceto nos cursos da área de saúde.
Em março, o MEC já havia publicado que a autorização para os institutos adotarem o retorno das atividades de maneira online, porém tinha a validade de 30 dias. Esta é a terceira vez que o prazo é prorrogado, porém, desta vez, é até o final de 2020.
De acordo com a portaria publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (17), as instituições de ensino terão autonomia para definir o currículo de substituição das aulas presenciais, a disponibilização de recursos a estudantes para que eles possam acompanhar as aulas, e a realização de atividades durante o período.
O documento prevê ainda que as instituições podem suspender as atividades acadêmicas presenciais pelo mesmo prazo, porém elas deverão ser “integralmente repostas” quando for seguro voltar as atividades de maneira presencial.
Veja também: Ministro da Educação anuncia que abertura do Sisu foi adiada para julho

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.