Em Mariana, 26 dos 75 casos de coronavírus confirmados são de funcionários da Vale, Renova ou terceirizadas

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pelos canais oficiais da Prefeitura Municipal de Mariana neste sábado (23), o município primaz de Minas Gerais já registra 75 casos confirmados para o novo coronavírus, dos quais 26 são de funcionários que trabalham para a Vale, Fundação Renova ou empresas terceirizadas que atuam na cidade. Contudo, apenas um caso possui sintomas gripais leves, enquanto os outros pacientes estão assintomáticos.
Cinco pessoas contaminadas pelo novo vírus não resistiram aos sintomas da Covid-19 e morreram, enquanto que 27 pacientes já se recuperaram da doença. Oitenta e cinco casos tidos como suspeitos foram descartados.
Quinhentos e vinte e uma pessoas que apresentaram os sintomas da Covid-19 estão sendo monitoradas. Elas serão assistidas pelo comitê de Mariana por 14 dias. Além disso, 984 marianenses já passaram pelo mesmo procedimento e foram liberados. Quatorze dias é o tempo de encubação do coronavírus, ou seja, tempo médio em que a doença demora para se manifestar.
Leia também: Com 81 casos confirmados pela Vale, Itabira chega a 133 infectados pelo novo coronavírus.

Comentários estão fechados.