Ultimate magazine theme for WordPress.

Congonhas sediará Fórum Urbano Regional do Alto Paraopeba a partir do dia 29

A Prefeitura de Congonhas irá realizar, de 29 a 31 de Outubro, o Fórum Urbano Regional do Alto Paraopeba, no Museu de Congonhas. O evento pretende integrar a região do Alto Paraopeba e adjacências, promovendo discussões acerca do desenvolvimento urbano das cidades. O evento faz parte da agenda da etapa preparatória para o Congresso Mundial de Arquitetos 2020 e integra o Circuito Urbano 2019 – ONU Habitat.

As inscrições são gratuitas, porém limitadas e podem ser feitas pelo Sympla.

O objetivo do Fórum é contribuir para a compreensão dos desafios urbanos, sobretudo no contexto regional, com aproximações nas seguintes temáticas: Patrimônio Cultural, Resiliência, Planejamento e Território, Inovação e Design.

Ele busca, de maneira geral, privilegiar a reflexão sobre práticas inseridas no contexto urbano que possuam potencial de reverberação na dinâmica das cidades, bem como consolidar um espaço regional de troca de experiências e formulação de políticas públicas, tendo como referência as metas do ODS 11 (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 11).

Entre os objetivos específicos do Fórum, destacam-se:

– Estimular a discussão das questões urbanísticas com a sociedade;

– Integrar pesquisadores, técnicos e gestores da região;

– Utilizar teorias e práticas aplicadas aos problemas reais;

– Criar um fórum regional permanente de debates urbanísticos;

O desenvolvimento do evento tem importância estratégica como elemento articulador de pensamentos e fazeres urbanísticos inseridos em um contexto imbricado de tecidos urbanos, conexões e rupturas, cabendo destaque a delicada convivência entre o imponente acervo cultural/paisagístico e a expansão das fronteiras mínero-siderúrgicas. Neste sentido, a motivação reside na possibilidade de promover um evento que estimule a troca de experiências e, sobretudo, crie um canal de aproximação dos atores.

Sobre o Congresso Mundial de Arquitetos – 2020

A realização no Rio do Congresso Mundial de Arquitetos, que é trienal, marca o retorno do evento à América Latina após 42 anos. Para sediar o evento em 2020, o Rio de Janeiro competiu com Paris e Melbourne. O UIA 2020 RIO, que tem como tema “Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21”, é promovido pela União Internacional de Arquitetos (UIA) e conta com a organização do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), convidando especialistas e entusiastas de cidades mais dinâmicas e justas a debater soluções entre os dias 19 e 23 de julho de 2020. Antes, nos dias 17 e 18, o Rio também será pano de fundo do Fórum Mundial de Cidades Unesco-UIA, que reunirá prefeitos de ex-sedes e lideranças políticas, empresariais, culturais e da sociedade.

Sobre o Circuito Urbano 2019 – ONU Habitat

Para dar visibilidade aos temas do Outubro Urbano, o escritório do ONU-Habitat no Brasil criou, em 2018, o Circuito Urbano – uma convocatória para eventos organizados por diversos atores nos temas relacionados ao Outubro Urbano. A 2ª edição do Circuito Urbano, em 2019, terá como tema geral “Cidades Inovadoras e Inclusivas” e como pergunta inspiradora “Como a inovação pode aprimorar serviços e políticas urbanas de maneira inclusiva e sustentável?”.

Os eventos devem ocorrer no mês de outubro de 2019 em cidades de todo o Brasil e abordar como o tipo de inovação selecionado (políticas públicas, governança, social, tecnológica e econômica/financeira) contribui para o aprimoramento de algum serviço e/ou política urbana (água, esgoto e drenagem, resíduos, energia, mobilidade e transportes, moradia adequada, espaços públicos, segurança urbana, cultura, inclusão digital e TICs, trabalho e emprego decentes, educação, saúde e bem-estar, meio ambiente, alimentação urbana e produção e consumo sustentáveis). A inovação deve contribuir para o alcance dos ODS e a implementação da Nova Agenda Urbana, de modo a garantir a igualdade, a inclusão, a resiliência, a sustentabilidade e o acesso aos serviços urbanos para todos e todas.

PROGRAMAÇÃO:

29/10 – TERÇA- FEIRA

08:30h – Credenciamento

09:00 – 09:30h – Abertura Oficial: Presença de representantes dos municípios da região do Alto Paraopeba e das instituições parceiras.

09:30 – 11:30h – PAINEL 01: DIVERSIDADE E MISTURA: Discussão acerca das experiências de intervenção contemporâneas em sítios históricos.

13:00 – 14:00h – VISITAS TÉCNICAS

Visitas Técnicas – 01 – Museu de Congonhas

Visitas Técnicas – 02 – Teatro da Romaria

14:30h – PAINEL 02: MUDANÇAS E EMERGÊNCIAS: Abordagens sobre resiliência, planejamento urbano e expansões minero-industriais.

16:30h – PAINEL 03: FRAGILIDADES E DESIGUALDADES: Desafios e soluções para a habitação.

29 a 31 de Outubro de 2019 – MUSEU DE CONGONHAS

Alameda Cidade Matozinhos de Portugal, 77 – Basílica – CONGONHAS / MG

30/10 – QUARTA-FEIRA

09h – 11h – VISITA TÉCNICA 03 – Restauração da Basílica do Bom Jesus de Matosinhos.

09h – 11h – OFICINA DE FOTOGRAFIA – Olhares e diálogos entre tempos.

Local: Museu de Congonhas/Basílica

14h – PAINEL 04: TRANSITORIEDADE E FLUXOS: Fluxos contemporâneos e caminhos para a cidade inteligente.

16:00h – PAINEL 05: DESIGN, INOVAÇÃO E CIDADES: Soluções integradas para equipamentos e espaços urbanos, novos materiais e ambiente de inovação.

31/09 – QUINTA – FEIRA

08:30h – 11:30h – VISITA TÉCNICA 04 – Esculturas e Processo Criativo.

14h – PAINEL 06: EXPANSÕES E LIMITES: Parcelamento do solo, legislação urbana e território.

16h – CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO

Comentários do Facebook