O que você procura?


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Tragédia da Boate Kiss vira minissérie da Netflix

A Boate Kiss sofreu um incêndio no dia 27 de janeiro de 2013 e, além dos 242 mortos, deixou outros 680 feridos.

Rômulo Soares 23 de novembro de 2021 às 21:51
Tempo de leitura
2 min
Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

A Netflix anunciou nesta terça-feira, 23 de novembro, a produção da minissérie “Todo dia a mesma noite”, que conta a história real do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grane do Sul, em que 242 pessoas morreram em 2013. A série é baseada no livro da autora Daniela Arbex, que traz mais de 100 entrevistas com pessoas conectadas à tragédia.

A Boate Kiss sofreu um incêndio no dia 27 de janeiro de 2013 e, além dos 242 mortos, deixou outros 680 feridos. O episódio foi traumático e comoveu todo o país, fazendo as pessoas repensarem o uso de objetos pirotécnicos e mlugares fechados.

“Todo dia a mesma noite” contará com cinco episódios e Daniela Arbex, autora do livro que inspirou a série, está envolvida diretamente na produção como consultora do roteiro.


O roteirista principal da minissérie será Gustavo Lipsztein, que também fez “O Paciente – O Caso Tancredo Neves“, e a direção fica por conta de Julia Rezende, de “Meu Passado Me Condena”. Ainda não há previsão de estreia, mas as filmagens devem começar em 2022. Portanto, é possível que o lançamento aconteça em uma data próxima ao aniversário de 10 anos da tragédia.

Outras produções nacionais

A Netflix também anunciou outras produções brasileiras. Entre as séries, “Sintonia”, “Bom Dia Verônica”, “Cidade Invisível” e “Irmandade” foram renovadas para novos episódios.

Quanto aos filmes, Giulia Be e Henry Zaga estarão no drama romântico “Depois do Universo”, enquanto Thiago Martins vai estrelar o longa de ação “Carga Máxima”.

A plataforma de streaming também investirá em reality show. Foram confirmadas a segunda temporada das versões brasileiras de “Casamento às Cegas” e “Brincando com Fogo”. 

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.