Festival One World: Together At Home, organizado por Lady Gaga, arrecada US$ 127,9 milhões

A banda de rock britânica “The Rolling Stones” cantou com cada integrante nas suas respectivas casas, Jennifer Lopez, foi até o jardim, e Oprah Winfrey, falou de um estúdio. Assim foi o sábado à noite, com o festival virtual “One World: Together At Home” (“Um Mundo: Juntos em Casa”, em português) – o maior e mais proeminente show virtual realizado desde o início da crise do coronavírus.

Oprah Winfrey fez um pedido aos políticos: “Temos que garantir que os governos forneçam aos médicos roupas de proteção. Temos que garantir que isso nunca aconteça novamente”.

Antes de Jennifer Lopez cantar “People”, canção gravada por Barbara Streisand na década de 1960, ela disse: “Uma coisa que noto durante esse período é o quanto precisamos um do outro. Eu sinto sua falta.”

O ator e produtor Matthew McConaughey falou que “Nenhum de nós é imune a isso. E o vírus não conhece fronteiras, temos que cuidar de nós mesmos e dos mais velhos. Temos que cuidar um do outro.”

Elton John, Paul McCartney e Billie Eilish também se apresentaram no festival global. Taylor Swift cantou em um piano na frente de um papel de parede de flores e cantou “Soon You’ll Get Better” (“Logo você irá melhorar”, em português).

Um dos destaques: os Rolling Stones tocaram seu hit “You Can’t Always Get What You Want” (Você não pode ter sempre o que quer”, em português) com cada um dos integrantes diretamente de suas respectivas casas, cumprindo o isolamento social. O baterista Charlie Watts (78) tocou a música inteira com uma bateria imaginária, apenas com um par de baquetas e um fone de ouvido.

Ao fim do mega festival, Celine Dion, John Legend, Andrea Bocelli e Lady Gaga cantaram simultaneamente, acompanhadas pelo pianista Lang Lang, o dueto “The Prayer” de Dion e Bocelli de 1999.

A ONG Global Citizen e a cantora Lady Gaga anunciaram neste domingo (19) em suas respectivas redes sociais que foram arrecadados US$ 127,9 milhões. Toda a arrecadação será utilizada para apoiar os profissionais de saúde que estão trabalhando contra a pandemia do Covid-19, segundo informações da própria ONG.