13.4 C
Belo Horizonte

América-MG ocupa a lanterna e preocupa no início da Série A

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa
Colunista de Esportes e estudante de Jornalismo na UFOP.

O América-MG está vivendo um início de temporada bastante complicado. Passadas três rodadas do início do Campeonato Brasileiro da série A, o time vem tendo um desempenho preocupante. Com três derrotas a equipe é a lanterna da competição, ocupando o último lugar. Contra o Cuiabá, no próximo final de semana, no Estádio Independência, o Coelho terá a chance de começar uma virada importante para suas pretensões ao longo da temporada.

Um dos pontos que mais preocupam o torcedor do América-MG tem sido o desempenho da defesa. Nos três jogos disputados até o momento, a equipe sofreu três gols em todos eles. Foram até agora placares de 3 a 0 contra Fluminense e São Paulo e um 3 a 2 contra a equipe do Santos, jogando fora de casa.

Embora a fragilidade da defesa seja preocupante, o treinador da equipe tem trabalhado para ajustar o sistema defensivo e corrigir os erros cometidos nas primeiras rodadas do campeonato. O América-MG tem em seu elenco jogadores talentosos,  que poderão ser decisivos para a recuperação da equipe.

Tanto é verdade que o desempenho tem sido diferente pela outra competição que o time disputa, a Copa Sul-Americana. Na competição internacional, contrariando os prognósticos das Apostas com PIX (que estão disponíveis em diversos sites de apostas online) a equipe venceu de goleada o Peñarol na estreia, por 4 a 1. Na segunda rodada foi derrotada por 2 a 1 pelo Defensa y Justicia, mas se mantém no momento na segunda colocação de seu grupo, enquanto aguarda o próximo confronto contra a equipe do Millonarios, que no momento ocupa a liderança do Grupo F.

Entretanto, o foco da equipe no momento deve se voltar para o Brasileirão de onde precisa sair da incômoda situação de ocupar o último lugar. Diante do Cuiabá, jogando diante de sua torcida, o Coelho precisará provar que a sua consolidação na elite do futebol nacional é real. Tendo vivido uma espécie de gangorra entre as séries A e B nos últimos anos, desde que voltou à primeira divisão em 2021 o Coelho tem se consolidado no topo do futebol nacional. Em 2020 fez campanha histórica também na Copa do Brasil, tendo chegado até as semifinais da competição. Em 2022 disputou pela primeira vez a Copa Libertadores e este ano disputa a Sul-Americana. Um feito e tanto para se consolidar entre os principais clubes do futebol brasileiro e que precisará de uma melhora de desempenho em relação a estas primeiras rodadas para se recuperar.

Embora o início da Série A do Campeonato Brasileiro venha sendo difícil para o América-MG, ainda há muitas oportunidades para a equipe se recuperar e mostrar o seu potencial. O próximo jogo contra o Cuiabá é uma chance importante para o Coelho iniciar uma virada na competição e conquistar uma posição melhor na tabela ao fim do campeonato.

O técnico do América, Vagner Mancini, reconheceu após o último jogo a fragilidade do sistema defensivo de sua equipe. Mancini avaliou que o desempenho do time contra o Santos foi positivo, embora a derrota tenha sido frustrante. O treinador destacou que a estratégia de marcar o adversário na frente funcionou parcialmente e que a equipe conseguiu sair na frente no placar. No entanto, dois erros defensivos foram cruciais para a virada do Santos, sendo um deles classificado como “grotesco” pelo treinador.

Mancini reconheceu que a defesa do América vem deixando a desejar nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, sendo que sofreu três gols em cada uma das partidas contra Fluminense, São Paulo e Santos. O técnico considerou esse desempenho como “inadmissível”, tendo em vista as pretensões do time na competição.

O treinador explicou que o América enfrentou equipes com forte poder ofensivo, o que expôs algumas deficiências defensivas da equipe. Embora tenha havido alguma melhora nesse aspecto no jogo contra o Santos, Mancini destacou que ainda há muito a ser feito para corrigir esses erros e evitar que eles se repitam no futuro.

Para Mancini, os resultados negativos do América nas primeiras rodadas do Brasileirão servem como um alerta para a equipe. O técnico afirmou que é preciso trabalhar duro para melhorar o desempenho defensivo e garantir que o time possa competir em pé de igualdade com os demais clubes da Série A.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: