O que você procura?


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Atlético: torcida elege Marcos Rocha como maior lateral-direito do século XXI

Rodolpho Bohrer 4 de junho de 2020 às 13:30
Tempo de leitura
2 min

Após encerrarmos a série de votação de maiores jogadores de cada jogador do Cruzeiro no século XXI, iniciamos as enquetes referente ao Clube Atlético Mineiro.

Após a primeira enquete do Mais Minas envolvendo o Galo, em que “São Victor” foi eleito o maior goleiro do clube nos últimos 20 anos, a torcida do Atlético e demais elegeram Marcos Rocha com o maior lateral-direito que atuou pelo clube, considerando os de 2001 a 2020.  Ele disputou a enquete com Mancini e Cicinho. Veja o resultado:

Resultado da enquete, em porcentagem, do maior lateral do Atlético no século XXI

Marcos Rocha foi revelado na base do Atlético e passou por quatro times até se firmar como titular do Galo, em 2012. Daí em diante, o jogador dominou a posição e se tornou um dos principais alas do país, chegando inclusive à Seleção Brasileira.


Sua passagem pelo clube é marcada, principalmente, pela era gloriosa do GAlo no século XXI, quando alvinegro mineiro conquistou os estaduais de 2012, 2013, 2015 e 2017, a Copa Libertadores de 2013, uma Recopa Sul-Americana, em 2014, e uma Copa do Brasil, contra o maior rival, Cruzeiro, em 2014.

Atualmente, está aberta no Mais Minas a enquete de maior meia (vote aqui), maior atacante (vote aqui) e maior técnico (vote aqui) do Galo no século XXI.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.