Atlético vence no Horto e garante vaga na semifinal do Mineiro contra o América

0

Na tarde desse domingo (18), no estádio Independência, o Atlético derrotou a equipe da URT por 1 a 0, garantindo vaga para a semifinal do Campeonato Mineiro. O gol da vitória foi marcado pelo lateral Fábio Santos que  acertou forte chute de dentro da grande área.
O jogo começou disputado, corrido, com o Galo buscando o ataque, como esperado, já que era o mandante. Porém, mesmo fora de casa, a URT foi estratégica e, de certo modo, ousada, sabendo reagir e responder ao Atlético com agressividade em jogadas de contra ataque, contrariando as expectativas de torcedores que esperavam ver a Veterana com postura excessivamente recuada. Tanto que, a primeira jogada de maior perigo, foi por conta da equipe de Patos de Minas em jogada de escanteio. Aos 5 minutos, após cobrança de Eduardo Ramos, o zagueiro Dão sobe mais que todo mundo, cabeceia forte, e a bola passa com muito perigo ao lado do gol defendido por Victor que, com os olhos, torce pra redonda sair.
Aos 9 minutos, lance perigosíssimo para o Galo. Em cobrança de escanteio, Cazares toca curto para Fábio Santos que cruza, o zagueiro Gabriel escora de cabeça para Luan que cabeceia para o gol, obrigando o goleiro Marcão a se esticar todo pra conseguir a defesa e mandar para escanteio. Segue o jogo, e o próximo lance de perigo foi por conta da URT com o atacante Raphael Macene que recebe com bastante liberdade pela direita e cruza. Felipe Alves fica cara a cara com Victor, mas o atacante chuta pra fora. À esquerda do goleiro atleticano.
Com 25 e 26 minutos foram aplicados dois cartões amarelos para a equipe de Patos, foram advertidos os atacantes Bruninho e Felipe Alves, ambos por entrada em Luan. E já aos 33 minutos, lance de perigo para o Galo. Após lançamento de cazares, o volante Elias domina, chuta, mas a bola passa à esquerda do goleiro Marcão.
COMO UM GATO! – Aos 37 minutos, grande defesa de Marcão! Após cobrança de escanteio na pequena área, o atacante Ricardo Oliveira cabeceia forte, no chão, parecia que ia entrar, mas Marcão, como um gato, faz milagre e, no reflexo, defende com o pé esquerdo! Porém o jogo não para e, no mesmo minuto, a URT responde. Eduardo Ramos puxa contra-ataque e arrisca, obrigando dessa vez, Victor, goleiro atleticano, a fazer uma grande defesa.
GOL DO GALO – Com 41 minutos, cazares cobra escanteio na área e a defesa da URT corta, porém o lateral Fábio Santos pega de primeira, acertando uma pancada, a bola desvia no zagueiro Dão, tirando qualquer possibilidade de defesa para Marcão.  1 a 0 para o Galo.
Aos 47 minutos, cartão amarelo para Leonardo Silva e, pouco depois, aos 49, acaba o primeiro tempo, que fica assim, 1 a 0 para o Atlético.
SEGUNDO TEMPO – Atrás no placar, a URT começou procurando mais o ataque, já que o 1 a 0 dava a classificação para o Galo. Deste modo, logo aos 3 minutos, Raphael Macena recebe lançamento de Eduardo Ramos e fica livre no campo de ataque. Victor sai do gol, pula e usa o corpo para defender o chute do atacante da Veterana. Mas no mesmo minuto o Atlético responde. Elias recebe na área e finaliza para, dessa vez, o goleiro da URT sair da meta e fazer a defesa.
A partir daí o Atlético perde duas chances, aos 5 e aos 6 minutos. Na primeira, Patric cruza na área e o zagueiro Dão cabeceia contra o próprio gol e a bola passa muito perto do gol. Já na segunda, o atacante Luan consegue boa tabela com Patric, o lateral cruza e Ricardo Oliveira finaliza de letra, mas Marcão espalma. Realizando outra grande defesa.
Aos 28 minutos, a URT volta a levar perigo para o gol atleticano em jogada que Jean Carioca tabela com Carlinhos pelo lado direito, Carlinhos toca pra Macena que escora a bola para Eduardo Ramos chutar dividindo, e a bola passa com perigo por cima do gol de Victor.
O atlético faz duas substituições, aos 28 e aos 29 minutos. Na primeira, sai o atacante Erik para entrada do venezuelano Otero e, na segunda, sai o atacante Luan para entrada do meio campista argentino Tomás Andrade.
A partida continua com os dois times procurando criar, porém sem grandes chances de muito perigo. E já aos 42 minutos, o técnico interino Thiago Larghi, mexe pela última vez. Tirando o volante Elias para a entrada de Gustavo Blanco.
Aos 47 minutos, o Atlético ainda teve uma boa chance com Tomás Andrade que chutou pra fora. Mas não teve jeito, e a partida terminou assim, 1 a 0 para o Galo, que se classifica para enfrentar na semifinal, o bom time do América.