Atlético empata com o Ceará e retoma liderança do Brasileirão

Mesmo com muitos desfalques, o Atlético conseguiu conquistar um ponto diante do Ceará, em Fortaleza, e retomou à liderança do Campeonato Brasileiro. Com o empate de 2 a 2 com o Vozão, o Galo foi a 39 pontos, mesma pontuação do vice-líder Flamengo. Os gols do Galo foram marcados por Sasha e Keno.

Para essa partida, o Atlético não pôde contar com alguns dos principais jogadores do elenco. Everson, Victor, Guga, Gabriel, Réver, Alan Franco, Allan, Jair, Vargas e Sávio testaram positivo para Covid-19 e não puderam viajar para Fortaleza. O técnico Jorge Sampaoli, também diagnosticado com o novo coronavírus, ficou de fora do comando da equipe. Em seu lugar na beira do campo ficou o auxiliar Leandro Zago.

Do Ceará, os desfalques foram William Oliveira, em tratamento de lesão, Saulo, Gabriel Lacerda e André Luiz, em isolamento por conta de Covid-19. Além disso, Pedro Naressi cumpre suspensão e Luiz Otávio trata lesão no ombro.

A partida começou com o Atlético escalado da seguinte forma: Rafael; Igor Rabello, Júnior Alonso, Talison e Guilherme Arana; Borrero; Calebe, Zaracho e Savarino; Sasha e Keno.

O Ceará entrou em campo com a seguinte formação: Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago, Eduardo Brock e Bruno Pacheco; Fabinho e Charles; Fernando Sobral e Lima; Vina e Felipe Vizeu.

1º Tempo

O início de jogo foi de pressão do Atlético. A equipe mineira parece não ter sentido tanto os desfalques e começou a partida propondo o jogo. Até os 20′, com Savarino e Keno, o Atlético pressionou o Ceará e a maior parte do tempo foi jogado no campo da equipe cearense. O Ceará se defendeu com muitas faltas. Aos 26′, Tiago e Bruno Pacheco já estavam amarelados. Aos 28′, o VAR entrou em ação pela primeira vez. Após batida de escanteio, Igor Rabello cabeceou a bola, e na rebatida da defesa do goleiro Prass, Sasha fez um golaço de bicicleta, abrindo o placar. O VAR avaliou se o atacante do Galo estava impedido, e após análise, confirmou o gol.

Após o 1º gol, o Ceará continuou sem ameaçar a defesa do Atlético. Aos 38′, o técnico Guto Ferreira fez a primeira substituição, trocando Charles por Léo Chú, deixando o time mais ofensivo. Em uma falta forte contra Samuel Xavier, o lateral Guilherme Arana, que estava pendurado, tomou cartão amarelo e está fora da partida contra o Botafogo. Aos 46′, em uma falta muito próxima da linha lateral da área, o Ceará quase fez seu primeiro gol após cobrança de falta de Vina na cabeça de Tiago, que jogou a bola muita próxima do travessão. Aos 47′, o juiz encerrou o primeiro tempo.

2º Tempo

As duas equipes voltaram para o segundo tempo sem modificações. Aos 2′, Léo Chú deu uma passe certeiro para Lima empatar a partida com um chute rasteiro. Léo Chú, decisivo na jogada do gol, foi o jogador que entrou no final do segundo tempo, por opção do técnico Guto Ferreira. Com o gol de empate, Lima marcou seu quatro gol no Campeonato Brasileiro. Após o gol de empate, o jogo ficou mais equilibrado, com finalizações em ambos os lados do campo. Aos 10′, em um vacilo da zaga do Atlético, o Ceará virou o jogo com um gol de Felipe Vizeu após uma bela jogada e cruzamento de Samuel Xavier. Vizeu se lesionou ao fazer o gol e foi imediatamente substituído por Cléber. O Ceará virou a partida com dez minutos do segundo tempo.

Aos 13′, o Atlético fez a sua primeira substituição. Zaracho deu lugar ao atacante Marrony. Aos 15′, em mais uma jogada de ataque do Ceará, o goleiro Rafael salvou um gol em uma chance incrível desperdiçada por Vina. Após o lance, Samuel Xavier tomou cartão amarelo por uma falta de Keno. Aos 24′, o VAR chamou o árbitro Raphael Klaus após cotovelada de Borrero em Léo Chú. Após análises das imagens, o árbitro expulsou o jogador do Atlético. Aos 26′, o juiz marcou pênalti para o Atlético após Fernando Prass derrubar Marrony na área. Keno, aos 28′, marcou de pênalti e empatou a partida. Após o empate, o Atlético parecia não ter sentido a perda de um jogador expulso e pressionou muito a defesa do Ceará. Aos 32′, mais um jogador do Vozão foi amarelado, desta vez a punição foi para o zagueiro Eduardo Brock. Aos 35′, Prass salvou o Ceará mais uma vez após tentativa de Arana.

O destaque da partida no segundo tempo foi o atacante Keno, com muitas jogadas individuais e passes decisivos. Aos 38′, quatro substituições foram feitas. Pelo Atlético, saíram Savarino e Sasha para a entrada de Marquinhos e Hyoran. O Ceará substituiu Tiago e Lima, por Klaus e Leandro Carvalho, respectivamente. Aos 45′, o Ceará teve um gol de Vina anulado por impedimento. O árbitro sinalizou 5 minutos de acréscimos. Os últimos cinco minutos foi de pressão do Vozão, mas o placar o time não conseguiu furar a zaga atleticana e o jogo terminou empatado, por 2 a 2.

Dados da partida

Jogo: Ceará x Atlético
Local: Arena Castelão
Data: 22/11/2020, às 16h
Motivo: 22ª rodada do Campeonato Brasileiro

Escalação e substituições do Atlético: Rafael; Igor Rabello, Júnior Alonso, Talison (2T-18′ – Bueno) e Guilherme Arana; Borrero; Calebe (2T-18′ – Nathan), Zaracho (2T-13′ – Marrony) e Savarino (2T38′ – Marquinhos); Sasha (2T38′ – Hyoran) e Keno.

Escalação e substituições do Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago (2T-38′ – Klaus), Eduardo Brock e Bruno Pacheco; Fabinho e Charles (1T-38′ – Léo Chú); Fernando Sobral e Lima (2T-38′ – Leandro Carvalho); Vina e Felipe Vizeu (2T-12′ – Cléber).

Gols: Sasha e Keno, pelo Atlético; Lima e Felipe Vizeu, pelo Ceará.

Cartões amarelos: Samuel Xavier, Tiago, Bruno Pacheco, pelo Ceará; Guilherme Arana, pelo Atlético.

Cartões vermelhos: Dylan Borrero, pelo Atlético.

Arbitragem: Raphael Claus (Fifa/SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Alex Ang Ribeiro (CBF/SP). Na cabine do VAR, quem comandou a partida foi o árbitro Elmo Alves Resende Cunha (CBF/GO).

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro:

Standings provided by SofaScore LiveScore

Próximos jogos

O Atlético volta a Belo Horizonte para enfrentar o Botafogo na quarta-feira (25), no Mineirão. Já o Ceará terá uma semana de folga e só volta a atuar pelo Brasileirão na segunda-feira (30), quando enfrentará o Vasco no estádio São Januário.