O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Cuca tem dúvidas para escalar o Atlético contra o Juventude; veja

A partida terá transmissão do SporTV (menos para Minas) e Premiere.

Rômulo Soares 19 de novembro de 2021 às 20:46
Tempo de leitura
3 min
Foto: Pedro Souza / Atlético
Foto: Pedro Souza / Atlético

Com 98% de chance de título, de acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Atlético entra em campo na noite deste sábado, 20 de novembro, às 19h, no Mineirão, para enfrentar o Juventude, em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terá transmissão do SporTV (menos para Minas) e Premiere.

O confronto contra o Juventude tem cara de decisão para as duas equipes. Pelo lado do Atlético, a vitória fará o time alcançar 74 pontos, o que deixa a equipe a apenas um ponto da marca estimada para conquistar o campeonato (75 pontos). Pelo outro lado, o Juventude briga contra o rebaixamento na 15º posição, com 39 pontos, a apenas três do 17º colocado, Bahia.


A equipe de Caxias do Sul vem de uma invencibilidade de cinco jogos, tendo três vitórias consecutivas, e o Atlético venceu suas últimas quatro partidas. Porém, o Galo é o melhor mandante do Brasileirão, com um empate e uma derrota apenas, dando em um aproveitamento de 89,58%. Para empurrar o Galo neste sábado, cerca de 61 mil atleticanos são aguardados no Mineirão.

O Atlético nunca perdeu para o Juventude jogando em casa. Foram sete jogos pelo Brasileirão e um pela Copa do Brasil. Apenas uma vez o Galo empatou. Foram 17 gols marcados e apenas 7 gols sofridos. A última vez que ambas as equipes se enfrentaram em Belo Horizonte foi em 2007, quando o Alvinegro venceu por 4 a 1, com gols de Leandro Almeida, Marinho, Thiago Feltri e Eder Luis. O clube mineiro, comandado por Emerson Leão, atropelou o time gaúcho, que foi rebaixado no fim daquela temporada.

Contando todo o retrospecto do confronto, foram 12 vitórias atleticanas, quatro empates e quatro derrotas. O Atlético marcou 32 gols e sofreu 18.

Prováveis escalações

Atlético

O Atlético tem duas dúvidas para o jogo: o zagueiro Júnior Alonso, que sofreu uma pancada no joelho em jogo da Seleção do Paraguai, e o meia Nacho Fernández, que se recupera de dores musculares.

Por outro lado, o Galo terá o retorno de quatro jogadores: o meia Alan Franco e os atacantes Savarino e Eduardo Vargas, que estavam com suas seleções, além do lateral-esquerdo Guilherme Arana, que retorna de suspensão.

Assim, o Atlético deve ser escalado com: Everson; Mariano, Réver (Júnior Alonso), Nathan Silva, Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Keno, Hulk e Diego Costa (Nacho Fernández).
Técnico: Cuca.

Juventude

O Juventude deve ir a campo com quase o mesmo time que venceu o Fluminense, em casa, na última rodada. O lateral-direito Michel Macedo e atacante Sorriso retornam de suspensão e “reforçam” o time gaúcho diante do Galo. Já o meia Elton segue se recuperando de lesão.

Sendo assim, a provável escalação do Juventude conta com: Douglas Friedrich; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Dawhan, Jadson, Guilherme Castilho e Wagner (Wescley); Capixaba e Ricardo Bueno.
Técnico: Jair Ventura.

Arbitragem

  • Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
  • Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Caetano Ribeiro da Costa (SP)
  • Quarto Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
  • Árbitro de Vídeo (VAR): Péricles Bassols (SP)

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.