O que você procura?

Em busca do segundo bi no ano, Atlético recebe o xará paranaense na final da Copa do Brasil

Essa será a terceira final de Copa do Brasil do Atlético, sendo todas disputadas nos últimos sete anos.
Rômulo Soares 10 de dezembro de 2021 às 20:27
Tempo de leitura
3 min
Foto: Pedro Souza / Atlético
Foto: Pedro Souza / Atlético

Após fazer uma linda campanha e festejar o bicampeonato brasileiro, o Atlético vira a chave e se concentra para as finais da Copa do Brasil. O Galo recebe o Athletico-PR neste domingo, 12 de dezembro, às 17h30, no Mineirão, e pode dar o primeiro passo rumo à taça da competição.

O técnico Cuca descansou os seus titulares na última rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, nessa quinta-feira, 9 de dezembro, para contar com força máxima para a decisão deste domingo. Apenas o zagueiro Nathan Silva desfalca o Atlético na final por já ter disputado a Copa do Brasil pelo Atlético-GO.


Provável escalação do Atlético: Everson; Mariano, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Nacho Fernández, Keno e Hulk.
Técnico: Cuca.

Provável escalação do Athletico-PR: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno, Nicolás Hernández e Marcinho; Erick, Léo Cittadini e Abner Vinícius; Terans, Renato Kayzer e Nikão.
Técnico: Alberto Valentim.

O arbitro Bruno Arleu de Araújo (RJ) estará no comandando da partida, com o auxílio de Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO). Já o VAR será comandado por Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

A partida terá transmissão da TV Globo, SporTV e Premiere. O jogo de volta acontecerá na próxima quarta-feira, 15 de dezembro, às 21h30, na Arena da Baixada.

Retrospecto

O Atlético está há três jogos sem perder para o xará paranaense. O Galo também é soberano contando todo o retrospecto, com 25 vitórias, 12 empates e 22 derrotas. O time mineiro estufou as redes do Athletico-PR 85 vezes e sofreu 67 tentos.

Essa será a terceira final de Copa do Brasil do Atlético, sendo todas disputadas nos últimos sete anos. A primeira foi em 2014, quando o Galo bateu o Cruzeiro na única decisão mineira de um título nacional. Em 2016, o Alvinegro caiu para o Grêmio na decisão.

O Athletico-PR, por sua vez, conquistou a Copa do Brasil em 2019, contra o Flamengo, e está na sua segunda decisão. Assim como o Atlético é o atual campeão brasileiro, o Furacão é o atual campeão da Copa Sul-Americana (venceu o Bragantino por pelo placar mínimo).

Atlético e Athletico-PR será um confronto de reencontros. O técnico do time mineiro, Cuca, é torcedor do Furacão, assim como toda a sua família, apesar de nunca ter passado por lá na sua carreira, tanto como jogador quanto como treinador.

Pelo outro lado, Nikão, ídolo do Athletico-PR é revelado na base do Galo. David Terans é outro jogador que já vestiu as cores alvinegras em Minas Gerais.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.