O que você procura?


Tabu! Atlético não perde para o Ceará em casa desde 2010

No duelo contra os cearenses o Alvinegro de Minas defenderá a sua invencibilidade dentro da competição que já dura 16 jogos e o tabu de não perder para o Vozão em casa desde 2010.

Rômulo Soares 8 de outubro de 2021 às 10:29
Tempo de leitura
2 min
Foto: Flickr / Atlético
Foto: Flickr / Atlético

Líder isolado do Brasileirão, com 50 pontos, o Atlético volta ao Mineirão neste sábado, 9 de outubro, às 16h30, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O próximo adversário do Galo é o Ceará, 13º colocado, com 29 pontos. No duelo contra os cearenses o Alvinegro de Minas defenderá a sua invencibilidade dentro da competição que já dura 16 jogos e o tabu de não perder para o Vozão em casa desde 2010.

Em junho de 2010, o Ceará fez 1 a 0 no Mineirão contra o Atlético pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. Depois disso, foram três vitórias atleticanas e um empate. Neste ano, no primeiro turno, o Vozão venceu o Galo por 2 a 1 no Castelão. Naquela oportunidade, o treinador Cuca acabou perdendo a postura diante do juiz Leandro Pedro Vuaden, lhe proferindo diversos xingamentos. No entanto, o técnico atleticano acabou absolvido na Justiça do Esporte pelo episódio.

Para o jogo deste sábado, Cuca terá a volta do meia Zaracho, que cumpriu suspensão no empate diante da Chapecoense, mas ainda está sem o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o zagueiro Júnior Alonso (ambos convocados por suas seleções). Vargas e Mariano seguem lesionados e também estão fora da partida.

O duelo entre Atlético e Ceará terá transmissão no canal SporTV e Premiere.

Prováveis escalações

Atlético: Éverson; Guga, Igor Rabello (Réver), Nathan Silva e Dodô; Allan, Jair, Zaracho; Nacho Fernández, Keno (Sasha) e Hulk. Técnico: Cuca.

Ceará: Richard, Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Geovane, Fernando Sobral, Vina; Rick, Kelvyn, Jael. Técnico: Tiago Nunes.

Arbitragem

  • Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes – GO
  • Assistentes: Bruno Raphael Pires – GO e Cristhian Passos Sorence – GO
  • Quarto Árbitro: Michel Patrick Costa Guimarães – MG
  • VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro – RN