15.5 C
Belo Horizonte
terça-feira, 16 agosto 2022

Atlético-MG busca classificação depois da eliminação do América

Um ponto basta para o Atlético Mineiro seguir para as oitavas da Copa Libertadores

Atlético-MG se prepara para enfrentar o Goiás

Na quinta-feira (28 de abril), a Diretoria...
Portal Mais MinasFutebolAtléticoVeja números e salário de Godín, novo reforço do Atlético

Veja números e salário de Godín, novo reforço do Atlético

O Atlético anunciou o zagueiro Diego Godín como novo reforço para a temporada 2022. Com quase 15 anos de experiência no futebol europeu e convocação para três últimas Copas do Mundo, o uruguaio, de 35 anos, chega à Cidade do Galo após uma fraca temporada no Cagliari, da Itália.

Dos 62 jogos que o Cagliari disputou desde a chegada do uruguaio, em 24 setembro de 2020, Godín esteve presente em 40. Ao todo, o zagueiro marcou um gol, deu duas assistências e recebeu seis cartões amarelos. Não foi expulso uma vez sequer no futebol italiano. Em média, atuou pouco mais de 85 minutos por confronto.

Na temporada 2020/21, Godín esteve em 28 jogos pelo Cagliari: nove vitórias, seis empates e 13 derrotas. Na de 2021/22, o zagueiro soma 12 participações, sendo dois triunfos, três empates e sete reveses.

O último jogo em que o uruguaio entrou em campo foi na goleada sofrida para a Udinese, em casa, por 4 a 0, em 18 de dezembro do ano passado.

Pelo Atlético de Madrid, Godín conquistou três Supercopas da UEFA (2010, 2012 e 2018), duas Ligas Europa (2011-12 e 2017-18), uma Copa do Rei (2013-14) e uma Supercopa da Espanha em 2014. Na Seleção Uruguaia, o zagueiro foi campeão da Copa América em 2011.

Em prêmios individuais, Godín esteve no Time do Ano da UEFA em 2014, foi o melhor defensor da La Liga de 2015-16, 24º melhor jogador do ano de 2016 segundo o jornal britânico The Guardian e 41º melhor jogador do ano de 2016 eleito pelo jornal Marca, da Espanha.

Salário

De acordo com apuração do UOL Esporte, Godín vai receber entre R$ 600 mil e R$ 800 mil por mês ao Atlético, considerando salários, luvas, direitos de imagem e encargos. Assim, o zagueiro terá recebimentos de mesmo patamar que Hulk, Nacho Fernández, Eduardo Vargas e Keno.

Hulk é o dono do maior salário do Galo. Segundo o UOL, ele recebe cerca de R$ 1,4 milhão por mês, valor que é o teto do Atlético. Era a mesma quantia dos vencimentos de Diego Costa, que assinará a rescisão com o clube mineiro nos próximos dias.

O meia Nacho Fernández ocupa a segunda colocação, em salários no Atlético, tendo Vargas em terceiro. O atacante Keno é o quarto maior salário e Godín pega o lugar que era do capitão Junior Alonso Alonso.

Um dos fatores que elevam o pagamento de Godín é que o zagueiro estava livre no mercado. Dessa forma, a negociação não teve a participação de nenhum agente ou intermediário e o Galo não precisou pagar pela contratação. O Atlético, portanto, pagará apenas salário e luvas.

Ainda de acordo o UOL, em 2021, a folha salarial do futebol atleticano girou em torno de R$ 15 milhões por mês. Para este ano há uma margem para crescimento. De acordo com o orçamento votado pelo conselho deliberativo do Atlético, no fim de dezembro, a folha mensal será de R$ 17 milhões.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: