21.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 6 fevereiro 2023

Copa do Mundo: Brasil perde favoritismo contra Camarões por usar time reserva?

Sem manter segredo, a comissão técnica do Brasil decidiu optar por um time completamente reserva para o último compromisso na fase de grupos da Copa do Mundo, diante do Camarões. A escolha se deve ao calendário apertado do Mundial, ao fato da Canarinho já estar classificada e ao forte elenco nas mãos de Tite.

- Participe da comunidade do Mais Minas no WhatsApp e seja o primeiro a ser informado de novas notícias. CLIQUE AQUI PARA ENTRAR.


No entanto, a Seleção Camaronesa joga a vida e, querendo ou não, o fato de uma escalação completamente alternativa bota em jogo a força do time verde e amarelo. No entanto, mesmo os reservas brasileiros possuem mais lastro no futebol mundial do que os principais jogadores camaroneses.

Nome a nome

O Brasil será escalado nesta sexta-feira (02), às 16h, com Ederson, Daniel Alves, Éder Militão, Bremer e Alex Telles; Fabinho, Fred e Rodrygo; Antony, Gabriel Jesus e Gabriel Martinelli. Únicos representantes do Brasileirão no elenco, Weverton, Everton Ribeiro e Pedro irão começar no banco de reservas, mas podem entrar no decorrer da partida. Já Camarões deve iniciar com Epassy, Fai, Castelletto, N’Koulou e Tolo; Hongla, Anguissa e Kunde; Mbeumo, Choupo-Moting e Toko-Ekambi. Nem mesmo o goleiro Andre Onana (Internazionale-ITA) será utilizado pela equipe. O arqueiro entrou em conflito com o técnico Rigobert Song e, apesar de ser um dos pilares camaroneses, foi cortado da Copa do Mundo.

Gabriel Jesus tentará marcar seu primeiro gol em Copas
Gabriel Jesus tentará marcar seu primeiro gol em Copas – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

As comparações mano a mano são inevitáveis, e podem ser feitas pelo nível de carreira dos jogadores. Na meta, o Brasil conta com Ederson, titular absoluto do Manchester City há cinco anos e homem de confiança de Pep Guardiola, enquanto o adversário tem Devis Epassy, que atua no modesto Abha City, da Arábia Saudita. Melhor para o brasileiro.

A linha de defesa também oferece vantagem à Seleção Brasileira. Militão, Bremer e Alex Telles jogam, respectivamente, em Real Madrid, Juventus e Sevilla. Os defensores camaroneses são Collins Fai (Standard Liege-BEL), Nicolas Nkoulou (Aris-GRE), Jean Castelletto (Nantes-FRA) e Nouhou Tolo (Seattle Sounders-EUA). Apesar de alguns defensores africanos viverem bom momento na Copa do Mundo, não se comparam à qualidade e potencial dos guardiões do gol brasileiro. Mesmo Daniel Alves, tido como elo fraco da convocação canarinho, carrega consigo enorme qualidade técnica e uma carreira de dar inveja a qualquer jogador do mundo.

Na meiuca, Tite tem à sua disposição Fabinho, Fred e Rodrygo, simplesmente jogadores de destaque em Liverpool-ING, Manchester United-ING e Real Madrid-ESP, um recorte que mostra o poderio do elenco inglês. O embate é contra o trio Pierre Kunde (Olympiacos-GRE), Martin Hongla (Granada-ESP) e Zambo Anguissa (Napoli-ITA) que, no confronto com Fred, talvez seja a única vitória pessoal de Camarões, ou que, no mínimo, se aproxime de um dos brasileiros.

Anguissa é considerado um meio-campista moderno
Anguissa é considerado um meio-campista moderno – Foto: Reprodução

O trio de ataque camaronês é o ponto forte do time. Rigobert Song conta com Choupo-Moting, atual comandante de ataque do Bayern de Munique-ALE, Toko-Ekambi, homem de lado do Lyon-FRA, e Mbeumo, destaque do Brentford-ING. Os atletas até possuem certo destaque no cenário europeu, mas ainda estão degraus abaixo do rápido, insinuante e habilidoso ataque alternativo brasileiro de Martinelli, Gabriel Jesus (Arsenal) e Antony (Manchester United).

Brasil acima?

Na teoria, mesmo com nomes alternativos, o Brasil segue favorito para derrotar Camarões na terceira rodada do Grupo G da Copa do Mundo. Um possível problema que o time reserva brasileiro pode enfrentar é o baixo entrosamento e a falta de ritmo de jogo, além da alta motivação do adversário, que luta por uma vaga nas oitavas de final. O Brasil está garantido no mata-mata, e precisa de somente um empate para ser líder da chave. Camarões, com um ponto, precisa vencer e torcer por um empate entre Sérvia e Suíça, ou uma vitória dos sérvios por apenas um gol de diferença.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: