Clássico fora das quatro linhas: Cruzeiro tem dobro de público e renda do Atlético-MG no Campeonato Mineiro

Torcida cruzeirense se destaca no cenário nacional com grandes públicos e belas festas

0

Quando algo se relaciona a Cruzeiro e Atlético-MG a disputa vai bem mais além dos 90 minutos com a bola nos pés. E nessa semana os cruzeirenses ganharam mais uma forma de se gabar sobre o rival. Até agora na temporada o Cruzeiro faturou mais que o dobro que a equipe de Vespasiano com rendas de bilheteria nos jogos em casa do Campeonato Mineiro.

Segundo dados do Footstats o atual campeão da Copa do Brasil faturou R$ 3.285 milhões, enquanto o Atlético-MG faturou R$ 1.404 milhão. Um fato curioso é as ações que os dois times promovem para o torcedor, abaixando o valor dos ingressos e fazendo pacotes para jogos. Atualmente os valores médios de ingressos de Cruzeiro e Atlético-MG estão entre os mais baixos dos clubes da série A do Brasileirão, custando R$ 12 e R$ 11, respectivamente.

A média de público também chama atenção. Nos jogos do Cruzeiro no Mineirão a média de presença é de 32 mil pessoas por partida, colocando o time como líder de médias de público no Brasil. Lembrando que esse dado contabiliza o público presente e não só o pagante. O Cruzeiro fez algumas ações que levou torcedores de graça ao estádio, como a ação que deu ingressos para as mulheres no jogo contra a URT, realizado na véspera do dia da mulher.

Já o Atlético-MG tem uma média de pessoas de 17 mil por jogo, pouco mais da metade de seu rival. Lembrando que os números indicados pelo time alvinegro são números totais de vendas dos pacotes de jogos e não do público presente em si. Muitos torcedores não compareceram aos jogos menores mesmo tendo comprado os pacotes, indo apenas no clássico contra o grande rival. Isso explica os públicos divulgados serem próximos as lotações do estádio, mas visualmente os atleticanos não estarem ocupando nem a metade do Independência.