Com “golaço feio”, Cruzeiro vence Operário e se garante na Série B

O Cruzeiro venceu o Operário, no Independência, na noite desta quarta-feira (20). O placar do jogo foi 2 a 1, com gols marcados por Rafael Sóbis e William Pottker, para o time celeste, e Ricardo Bueno, para os paranaenses. Os dois primeiros gols do jogo, de Sóbis e Bueno, foram “golaços feios”, principalmente o do atacante cruzeirense. O resultado garantiu o Cruzeiro na Série B, afastando as pouquíssimas chances de rebaixamento para a Série C.

Gols

O Cruzeiro abriu um placar com um “golaço feio”, aos 32 do primeiro tempo. Bem, posso explicar. Após uma tentativa de lançamento do Operário, Manoel subiu alto e cortou a bola de cabeça. Mas a cabeçada do zagueiro atravessou o meio de campo com Rafael Sóbis aproveitando a furada pelo alto de Ricardo Silva, para sair na cara do goleiro Martín Rodríguez, dar um chapéu no uruguaio, e marcar em divida com o defensor Reniê.

O Operário conseguiu empatar aos 10 minutos do segundo tempo, com Ricardo Bueno, que chutou de fora da área, Manoel tentou cortar e a bola desviou, atrapalhando Fábio no lance.

E aos 30 minutos do segundo tempo, mais uma vez o garçom Manoel voltou a aparecer quando lançou o atacante William Pottker, que ganhou na base da força da defesa do Operário, tocando na saída do goleiro da equipe paranaense e marcando o segundo do Cruzeiro na partida.

Com "golaço feio", Cruzeiro vence Operário e se garante na Série B
William Pottker comemora gol “tapando os ouvidos” – Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Anulado

Crescendo no jogo após empatar, o Operário voltou a marcar aos 12 do segundo tempo, mas o gol de Pedro Ken foi anulado pois o juiz viu falta do ex-cruzeirense em Filipe Machado, antes deste cabecear para o gol.

Livre da C

Com a vitória, o Cruzeiro chegou aos 47 pontos na Série B e não pode ser mais alcançado por nenhum dos quatro últimos colocados na competição. O time celeste abriu oito pontos do 17º colocado, Figueirense, tendo só mais dois jogos por disputar.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
sofa_embed(‘sofa-standings-embed-1449-27593’, window);

Ficha técnica – Cruzeiro 1 x 0 Operário

Motivo: 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data e hora: Quarta-feira, 20 de janeiro de 2020, às 21h30 (horário de Brasília)

Gols: Rafael Sóbis, aos 32 do 1º tempo, e William Pottker, aos 30 do 2º tempo (Cruzeiro); Ricardo Bueno, aos 10 do 2º tempo.

Escalação do Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano e Filipe Machado; William Pottker, Giovanni (Jadson) e Airton; Rafael Sóbis (Welinton). Técnico: Felipão.

Escalação do Operário: Martin Rodriguez; Alex Silva, Reniê, Ricardo Silva e Fabiano (Diego Cardoso); Jean Carlo, Marcelo, Leandro Vilela (Schumacher) e Rafael Oller (Thomaz); Pedro Ken (Maranhão) e Ricardo Bueno. Técnico: Matheus Costa.

Cartões amarelos: Filipe Machado (Cruzeiro); Ricardo Bueno, Reniê, Pedro Ken, Jean Carlo, Alex Silva (Operário).

Cartão vermelho: Jorge Roa – do banco, Diego Cardoso (Operário).

Veja também: Dos 15 jogadores “mais experientes” do Cruzeiro, dez são reservas