O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Sem ao menos estrear, Cruzeiro anuncia saída de Angulo

Rômulo Soares 22 de julho de 2020 às 16:27
Tempo de leitura
2 min

O Cruzeiro informou, nesta quarta-feira (22), a saída do atacante Iván Angulo, que retornará ao Palmeiras, a pedido do clube paulista, dono de seus direitos econômicos. O jogador colombiano foi anunciado oficialmente pelo time azul no dia 16 de março, um dia pós a paralisação do futebol brasileiro e sequer estreou com a camisa azul. Seu vínculo coma Raposa era até o final do ano, porém o alviverde pediu o retorno precoce do atleta.

Através de nota, o Cruzeiro disse que o Palmeiras exerceu seu direito firmado em contrato de empréstimo, por isso a diretoria celeste não tem o que fazer para impedir a saúda de Angulo.


A contratação de Angulo foi feita pelo então diretor de futebol Ocimar Bolicenho. O fato curioso é que o dirigente não chegou a apresentar o novo reforço, pois foi demitido do Cruzeiro um dia antes, junto do técnico Adilson Batista, após a derrota da equipe para o Coimbra, na Arena Independência, pela nona rodada do Campeonato Mineiro.

A expectativa sobre Angulo era grande em Minas Gerais, por se tratar de um jogador rápido e habilidoso. O colombiano foi a 10ª contratação do Cruzeiro para a temporada 2020.

Angulo é a terceira contratação do ano a deixar a equipe azul celeste. Antes, saíram outros dois jogadores que também estavam emprestados: o atacante Jhonata Robert, que foi pedido de volta pelo Grêmio, e o meia Everton Felipe, que não vinha tendo os salários pagos pelo Cruzeiro e, assim, o São Paulo solicitou o retorno.

Confira a nota do Cruzeiro na íntegra:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que a Sociedade Esportiva Palmeiras solicitou, de forma oficial, o retorno do atleta Iván Angulo.

O Palmeiras exerceu um direito firmado no contrato de empréstimo, realizado no início deste ano junto à gestão que administrava o Clube anteriormente, o que infelizmente impossibilita a atual diretoria de realizar qualquer tipo de ação.

O Clube lamenta a obrigatoriedade da cláusula, mas respeita o contrato firmado à época entre as partes. Desta forma, o Cruzeiro agradece ao jogador pela dedicação, empenho e profissionalismo nos treinamentos.

Veja também: Cruzeiro e Minas Arena negociam para deixar Mineirão “mais azul”

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.