O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Cruzeiro define saídas de Henrique, Egídio e Marquinhos Gabriel, mas vê Grêmio desistir de Edílson

Maicon Costa 8 de janeiro de 2020 às 21:00
Tempo de leitura
2 min

O mercado da bola está pegando fogo na Toca da Raposa. O time celeste está acertando as saídas de diversos jogadores que participaram do inédito rebaixamento azul, em 2019. Desta forma, nesta quarta-feira (8), o Cruzeiro concluiu as transferências de Henrique, Marquinhos Gabriel e Egídio, e definiu os termos contratuais que serão executados. Por outro lado, não conseguiu negociar Edílson com o Grêmio.

Enquanto Egídio vai ao Fluminense de forma definitiva, Henrique o acompanhará às Laranjeiras, mas por empréstimo. Assim como Marquinhos Gabriel, que irá jogar no Athletico Paranaense.


Contudo, aos jogadores emprestados, o Cruzeiro pagará parte dos salários.

Henrique

Capitão do Cruzeiro desde 2016, o camisa 8 não seguirá no clube. O jogador acertou com o Fluminense até o final de 2020. Após o período deve retornar à Raposa, pois possui contrato vigente até o fim de 2021.

Segundo o Blog ToqueDiLetra, o time cruzeirense ficará responsável por cerca de 30% dos vencimentos do jogador de 34 anos.

Cruzeiro define saídas de Henrique, Egídio e Marquinhos Gabriel, mas vê Grêmio desistir de Edílson

Henrique atuando contra seu ex-clube – Créditos da foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Marquinhos Gabriel

Também cedido por empréstimo, o meia chegará ao Furacão para, novamente, trabalhar com Dorival Júnior, que foi seu treinador no Santos, em 2015. A negociação do ex-cruzeirense é parecida com a de Henrique, porém, o Cabuloso terá de pagar 45% dos honorários do jogador.

Marquinhos tem contrato com o Cruzeiro até o fim de 2021.

Egídio

Também rumo ao Fluminense, o jogador, no entanto, irá em definitivo. O atleta e o clube mineira acertaram rescisão amigável e o camisa 6 dará maior prazo à Raposa para receber quantias atrasadas.

Cruzeiro define saídas de Henrique, Egídio e Marquinhos Gabriel, mas vê Grêmio desistir de Edílson

Egídio já apareceu com uniforme do tricolor carioca – Créditos da foto: Reprodução

Edílson

Ídolo do tricolor gaúcho, o lateral estava próximo de retornar ao Grêmio, mas o negócio melou. Em entrevista à Rádio Gaúcha, Romildo Bolzan, presidente gremista, comentou que não repatriar Edílson foi uma opção técnica. O Grêmio já contratou o lateral-direito Victor Ferraz, vindo do Santos. Porém, o outro atleta da posição, Leonardo, está lesionado, e só volta na metade de . Léo Moura e Rafael Galhardo não tiveram seus contratos renovados.

Todavia, o Cruzeiro seguirá tentando negociar o experiente camisa 2.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.