O que você procura?

Fábio não chega a acordo e se despede do Cruzeiro: “Dor e gratidão”

Rômulo Soares 5 de janeiro de 2022 às 21:21
Tempo de leitura
2 min
Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro

Após 17 anos, Fábio não joga mais pelo Cruzeiro. O ídolo não chegou a um acordo com o clube para renovar o seu contrato, que se encerrou no último dia 31 de dezembro e utilizou as redes sociais para se despedir oficialmente do time celeste na noite de quarta-feira, 5 de janeiro.

Em novembro, Fábio acertou a renovação por mais uma temporada, em acordo anunciado oficialmente pelo clube. No entanto, a gestão mudou e os moldes do que foi acertado serão revistos. O que o presidente Sérgio Santos Rodrigues havia apalavrado com o ídolo, em relação a salário, é incompatível com a folha pretendida por Ronaldo, que a partir de agora não quer manter atrasos de salário no clube. Na terça-feira, o goleiro não se apresentou na Toca da Raposa para o início da pré-temporada.


As negociações entre clube e jogador foram sobre redução salarial e renegociação de dívidas milionárias de salários atrasados. O débito do clube com o goleiro era milionário e de responsabilidade do Cruzeiro associação, não da SAF. Assim, Fábio ficou sem garantias sobre o pagamento.

Veja a publicação de despedida de Fábio:

Fábio não chega a acordo e se despede do Cruzeiro: "Dor e gratidão"
Foto: Instagram / Fábio
Fábio não chega a acordo e se despede do Cruzeiro: "Dor e gratidão"
Foto: Instagram / Fábio

Entenda melhor sobre a negociação entre Fábio e Cruzeiro que falhou clicando aqui.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.