O que você procura?


Faltando 13 rodadas, saiba o que o Cruzeiro precisa fazer para subir

O Cruzeiro precisa vencer 11 e empatar um jogo nas próximas 13 rodadas para atingir a pontuação estimada para entrar no G-4.

Rômulo Soares 20 de setembro de 2021 às 10:53
Tempo de leitura
3 min
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Vasco e Cruzeiro empataram com um final de jogo maluco, em que o time carioca abriu 2 a 0 faltando três minutos para o fim da partida, o juiz anulou o segundo gol da equipe cruz-maltina e a Raposa empatou o confronto. Apesar do grupo estrelado ter mantido a invencibilidade, que já perdura por 12 jogos, para efeitos de classificação, o empate não fez muita diferença.

De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Cruzeiro tem apenas 0,85% de chance de subir neste ano. Antes do empate contra o Vasco, essa porcentagem era de 1,4%.

Para piorar a situação, apenas Vasco e Cruzeiro têm 25 jogos na Série B. Portanto, a situação do time celeste pode ficar ainda mais complicada em busca do acesso.

Os especialistas em probabilidade indicam que a linha de corte para conseguir a quarta colocação na tabela nesta edição da Série B é de 64 pontos. O Cruzeiro, atualmente, tem 31 e, portanto, precisa vencer 11 nas próximas 13 rodadas que restam para atingir a pontuação desejada.

A considerável invencibilidade do Cruzeiro, então, não tem muita serventia, já que foram oito empates e apenas quatro vitórias na competição. Em todo o campeonato, o time estrelado empatou 13 vezes e venceu somente seis. Inclusive, o número de triunfos é o primeiro critério de desempate para definir a posição do clubes na tabela de classificação.

Com o empate diante do Vasco, em 25 rodadas, o Cruzeiro já igualou o seu número de empates na Série B de 2020. No ano passado, o time estrelado também empatou 13 vezes, além de ter vencido e perdido 11 em 38 rodadas. Como começou a Segunda Divisão com seis pontos a menos por causa de uma punição na Fifa, o time somou 49 e fechou em 11º lugar. O G-4 daquele campeonato teve Chapecoense (73), América (73), Juventude (61) e Cuiabá (61).

LEIA TAMBÉM:  Cruzeiro domina seleção da 23ª rodada da Série B

Para fazer a comparação, o CRB, atual quarto colocado, tem o aproveitamento de 56,9%, enquanto o Cruzeiro, 13º, tem 41,3%. Contando com uma margem de erro de até quatro pontos na probabilidade de pontuação mínima para o acesso, a Raposa dificilmente conseguirá entrar no G-4 com menos de 10 vitórias nas últimas 13 rodadas.

O próximo compromisso do Cruzeiro acontece no próximo domingo, 26 de setembro, às 16h, na Arena Independência, contra o CSA (12º) em jogo válido pela 26ª rodada da Série B.