20.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 5 dezembro 2022

Renova Excursão

Grupo B: conflitos históricos marcam encontros entre Inglaterra, Irã, País de Gales e Estados Unidos

O futebol oferece, além do jogo nas quatro linhas, outros diversos atrativos para os fãs, como contextos geopolíticos, culturais e sociais. Na Copa do Mundo do Catar, uma das maiores curiosidades estará presente no Grupo B, com Inglaterra, Irã, País de Gales e Estados Unidos, países entrelaçados historicamente.

Tudo começa a partir da Inglaterra. Uma das principais nações do mundo, a terra da monarquia foi responsável por colonizar diversos territórios, e um deles foram os Estados Unidos da América. A relação durou de 1607 até a Independência Estadunidense, em 4 de julho de 1976.

Os ingleses também se relacionam politicamente com País de Gales, já que ambos fazem parte do Reino Unido e, por muito tempo, partilharam do mesmo sistema jurídico. Recentemente, Gales vem conseguindo avanços para maiores poderes políticos próprios.

Por fim, ainda há a relação entre Irã e Estados Unidos, que já foi consagrada nos gramados em momento de auge dos conflitos bélicos. Em 1998, na Copa da França, as seleções se enfrentaram na fase de grupos, e o jogo gerou receio de animosidades entre as partes. Dentro de campo, vitória iraniana, por 2 a 1, e espírito esportivo entre os atletas, que trocaram flores.

Dentro de campo, a tendência é de que a Inglaterra avance com tranquilidade no primeiro lugar, e que Irã, País de Gales e Estados Unidos lutem, com muito equilíbrio, pela vaga restante.

Inglaterra

Os criadores do futebol querem colocar um ponto final à fama de pipoqueira que a seleção possui. Mesmo com grandes jogadores ao longo do tempo, a Inglaterra só venceu a Copa do Mundo uma vez, em 1966. Desde então, acumulou vexames e participações decepcionantes.

O time chega ao Catar embalado com o quarto lugar na Copa do Mundo de 2018, além do vice-campeonato na Eurocopa 2021. A expectativa é de que o English Team novamente brigue pelo título mundial.

  • Melhores participações: 1966 (campeão)
  • Técnico: Gareth Southgate
  • Capitão: Harry Kane
  • Destaque: Harry Kane
  • Prognóstico: Primeira força do grupo

+ Copa do Mundo – Grupo A: Holanda surge como favorita, enquanto Catar, Senegal e Equador lutam por segunda vaga

Harry Kane foi o artilheiro da Copa de 2018, com seis gols
Harry Kane foi o artilheiro da Copa de 2018, com seis gols – Foto: Divulgação

Estados Unidos

Fora da Copa do Mundo de 2018, a Seleção dos Estados Unidos conseguiu se reformular e chega ao Catar com vários nomes jovens de destaques, principalmente no meio-campo e no ataque.

O time possui um maior leque de opções habilidosas em relação aos dois adversários diretos pela vaga restante – País de Gales e Irã.

  • Melhores participações: 1930 (terceiro colocado)
  • Técnico: Gregg Berhalter
  • Capitão: Christian Pulisic
  • Destaque: Christian Pulisic
  • Prognóstico: Segunda força do grupo
Destaque americano, Pulisic defende o Chelsea
Destaque americano, Pulisic defende o Chelsea – Foto: Divulgação

Irã

O Irã novamente é presença garantida na Copa do Mundo, sendo a quinta participação. Em 2018, o time asiático bateu na trave e quase passou para o mata-mata, mesmo num grupo com Portugal, Espanha e Marrocos.

Para o Catar, o time aposta na forte e sólida base mantida, no retorno do técnico Carlos Queiroz e na perigosa dupla de ataque, formada por Mehdi Taremi (Porto-POR) e Sardar Azmoun (Bayer Leverkusen-ALE).

  • Melhores participações: 2018 (18º colocado)
  • Técnico: Carlos Queiroz
  • Capitão: Alireza Jahanbakhsh
  • Destaque: Mehdi Taremi
  • Prognóstico: Terceira força do grupo
Taremi e Azmoun são esperanças de gols
Taremi e Azmoun são esperanças de gols – Foto: Divulgação

País de Gales

Os galeses apostam todas suas fichas no craque Gareth Bale (Los Angeles-EUA), de 33 anos, e que se consagrou no futebol por anos no Real Madrid. Mesmo veterano, o atacante é a esperança de gols da seleção, que também conta com jogadores qualificados da Premier League.

Será a primeira participação de País de Gales em uma Copa do Mundo desde o Mundial de 195, disputado na Suécia. O retorno coroa uma geração que recolocou a seleção na rota de prioridade do futebol.

  • Melhores participações: 1958 (quartas de final)
  • Técnico: Ron Page
  • Capitão: Gareth Bale
  • Destaque: Gareth Bale
  • Prognóstico: Quarta força do grupo
Gareth Bale é o grande nome de Gales
Gareth Bale é o grande nome de Gales – Foto: Divulgação

Jogos do Grupo B da Copa do Mundo do Catar

1ª rodada:

  • Inglaterra x Irã – 21/11 – 10h
  • Estados Unidos x País de Gales – 21/11 – 16h

2ª rodada:

  • País de Gales x Irã – 25/11 – 07h
  • Inglaterra x Estados Unidos – 25/11 – 16h

3ª rodada:

  • Irã x Estados Unidos – 29/11 – 16h
  • País de Gales x Inglaterra – 29/11 – 16h

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: