21.5 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 30 novembro 2022

O que esperar de Brasil x Suíça pela segunda rodada da Copa do Mundo do Catar

Em caso de vitória, Seleção Brasileira ficaria em ótimas condições de classificação para as oitavas de final

Com direito a viradas históricas, seleções surpreendem na primeira rodada da Copa

Início da Copa do Mundo FIFA 2022 reservou surpresas para os fãs de futebol.

Grandes seleções podem ser eliminadas já na fase de grupos da Copa do Mundo

Primeira rodada da fase grupos da Copa do Mundo do Catar foi repleta de acontecimentos, e não se restringiu apenas a grandes atuações, como as de Brasil e Espanha.

Inglaterra na Copa do Mundo do Catar: agora vai?

O país que criou o futebol e possui a melhor liga do mundo, a Premier League, ironicamente, é conhecido por ter uma seleção pouco vencedora e, apesar de acumular craques, sempre falhar na hora decisiva.

No futebol, vários clichês sempre aparecem e, um deles, é o favoritismo dado por imprensa e público à Inglaterra às vésperas de competições importantes, como a Eurocopa e Copa do Mundo. Porém, já virou rotina o English Team decepcionar quem aposta alto em seu bom rendimento. A missão da tropa de Harry Kane, em 2022, é mudar esse estigma e fazer, finalmente, o futebol “voltar para casa”.

O país que criou o futebol e possui a melhor liga do mundo, a Premier League, ironicamente, é conhecido por ter uma seleção pouco vencedora e, apesar de acumular craques, sempre falhar na hora decisiva. Essa é a Inglaterra que, dos grandes campeonatos, só venceu uma Copa do Mundo, disputada em seus domínios, em 1966, mas que ficou mais conhecida por sua polêmica final. 

Entrega da taça do mundo por Rainha Elizabeth II, em 1966
Entrega da taça do mundo por Rainha Elizabeth II, em 1966 – Foto: Divulgação

Na ocasião, a equipe bateu a Alemanha na decisão, por 4 a 2, na prorrogação, mas o gol que deu a vantagem aos ingleses no tempo extra, marcado por Geoffrey Hurst, ficou eternizado pelo fato da bola não ter entrado. A situação gerou revolta nos alemães e na comunidade do futebol à época. Desde então, a Inglaterra não conseguiu conquistar nenhuma competição de relevância, fazendo poucas campanhas de destaque.

Qualidade e incertezas

Não é novidade que a Inglaterra possui uma de suas melhores gerações de jogadores dos últimos tempos. O time liderado por Harry Kane (Tottenham-ING), Raheem Sterling (Chelsea-ING), Declan Rice (West Ham-ING) e Marcus Rashford (Manchester United-ING) foi capaz de alçar a nação da realeza ao quarto lugar na Copa do Mundo de 2018 e ao vice-campeonato da Eurocopa, disputada, em 2021. Apesar da falta de títulos, os resultados foram considerados expressivos, se comparados ao retrospecto recente da seleção.

Harry Kane foi o artilheiro da Copa do Mundo de 2018, com seis gols
Harry Kane foi o artilheiro da Copa do Mundo de 2018, com seis gols – Foto: Divulgação

No entanto, o English Team vive momento de incertezas e contestações, principalmente acerca de seu técnico, o jovem Gareth Southgate. Boa parte da mídia local e da torcida acusa o comandante de não extrair tudo que o elenco pode oferecer, fazendo escolhas erradas tanto nas escalações quanto nas convocações. Na lista final da Inglaterra para a Copa do Mundo do Catar, Southgate chocou o mundo com as audiências de Jadon Sancho (Manchester United-ING) e Fikayo Tomori (Milan-ITA), preteridos por nomes pouco unânimes no país.

Como joga a Inglaterra

Dentro de campo, a Inglaterra entrega menos do que pôde. Com muito talento ofensivo, o time, muitas vezes, opta por um esquema reativo e burocrático, limitando as aparições de suas estrelas mais criativas. Gareth Southgate costuma escalar um time no 3-4-3, priorizando a solidez defensiva e apostando na força dos alas, independentemente de quem sejam os escolhidos.

Essa formatação, por outro lado, podem inibir as aparições de jogadores mais técnicos e cerebrais da parte ofensiva.

Na primeira fase, a Inglaterra deve passar sem dificuldades, já que é o grande favorito do Grupo B, enfrentando Irã, Estados Unidos e País de Gales. Caso passe, o time irá enfrentar alguma equipe do Grupo B – Holanda, Senegal, Catar e Equador. Até as oitavas de final, o caminho inglês é considerado tranquilo, o que se modifica na fase de quartas, em que a provável adversária é a França.

Se você está confiante que a Inglaterra vai chegar longe na Copa, veja como e onde apostar no SitedeApostas.com.

  • Time base (3-43): Jordan Pickford (Everton); John Stones (Manchester City), Harry Maguire (Manchester United-ING) e Kyle Walker (Manchester City-ING); Kieran Trippier (Newcastle-ING), Kalvin Phillips (Manchester City-ING), Declan Rice (West Ham-ING) e Luke Shaw (Manchester United-ING); Phill Foden (Manchester City-ING), Raheem Sterling (Chelsea-ING) e Harry Kane (Tottenham-ING).
  • Técnico: Gareth Southgate
  • Capitão: Harry Kane
  • Destaque: Harry Kane
  • Jogos: Irã (21/11), Estados Unidos (25/11) e País de Gales (29/11)
  • Prognóstico: Quartas de final
  • Melhores participações: 1966 (campeão)
  • Ídolos históricos: Bobby Moore, Bobby Charlton e David Beckham
  • Maior goleador: Wayne Rooney (53 gols)
  • Jogador que mais vezes atuou: Peter Shilton (125 gols)

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: