20.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 5 dezembro 2022

Renova Excursão

Marrocos tenta repetir o seu melhor resultado em Copas 36 anos depois

Essa é a segunda vez consecutiva que os Leões do Atlas participam no torneio

O Marrocos está no grupo F da Copa do Mundo FIFA 2022 e medirá forças com a badalada Bélgica, a atual vice-campeã mundial Croácia e o surpreendente Canadá. Participando do torneio pela sexta vez em sua história, a seleção africana quer repetir o feito conquistado em 1986 na Copa do México, e tenta avançar da fase de grupos pela segunda vez.

Essa é a segunda vez consecutiva que os Leões do Atlas participam no torneio. Há quatro anos, na Rússia, caíram em um grupo tão complicado quanto ou até mais. Mas apesar de competirem bem sobre o comando de Hervé Renard, não foi o suficiente e viram Espanha e Portugal avançando de fase. A impressão deixada foi boa, já que o time teve bom desempenho nas partidas. Mas os marroquinos querem e estão prontos para fazer mais dessa vez.

Com ambiente conturbado, seleção de Marrocos trocou de técnico há poucos meses

O anteriormente citado Hervé Renard, que atualmente treina a Arábia Saudita, permaneceu como técnico da seleção marroquina de fevereiro de 2016 a julho de 2019. Naquele ano, após uma decepcionante participação na Copa Africana de Nações, ele deixou o cargo em comum acordo com a Federação Real Marroquina de Futebol. Para o seu lugar, os marroquinos contrataram Vahid Halilhodžić.

O bósnio de 70 anos permaneceu até o último mês de agosto. Foi com ele que eles chegaram até as quartas da edição da CAN disputada em janeiro. Também foi com ele que disputaram as Eliminatórias e conquistaram vaga no Mundial. Mas algumas desavenças e divergências em relação à preparação da seleção para a Copa causaram a sua demissão.

O treinador tinha relação delicada com alguns nomes do time – como Hakim Ziyech, meia-atacante do Chelsea, e Noussair Mazraoui, lateral-direito do Bayern. Quem comandará os norte-africanos no Catar será Walid Regragui, de 47 anos. Anteriormente havia trabalhado em Fath Union Sport e Wydad, dois clubes do país, e também no catari Al Duhail.

Dentre as novidades, jovem atacante de LaLiga é destaque

Os Leões do Atlas contam com novidades em relação à Copa passada. É o caso de Nayef Aguerd (zagueiro do West Ham-ING), Abdelhamid Sabiri (meio-campista da Sampdoria-INT), o anteriormente citado Mazraoui, entre outros. Mas o destaque fica para Abdessamad Ezzalzouli, atacante de 20 anos do Osasuna-ESP. Ele, que faz aniversário no próximo dia 17, estreou na seleção na Data FIFA de setembro.

É veloz e driblador. Gosta muito do confronto direto, de ir para o 1 vs 1, algo que faz a diferença em jogos tão disputados como em uma Copa do Mundo. Deve começar como reserva, mas é opção interessante no banco. Vale ressaltar que ele ainda pertence ao Barcelona-ESP. Formado nas categorias de base do Hércules-ESP, foi contratado pela filial culé em 2021, acabou recebendo minutos no time principal e foi emprestado para o Osasuna na última janela. Olho nele.

  • Time base (4-3-3): Bono (Sevilla-ESP); Achraf Hakimi (PSG-FRA), Romain Saïss (Besiktas-TUR), Nayef Aguerd (West Ham-ING), Noussair Mazraoui (Bayern-ALE); Sofyan Amrabat (Fiorentina-ITA), Azzedine Ounahi (Angers-FRA), Selim Amallah (Standard Liège-BEL); Hakim Ziyech (Chelsea-ING), Youssef En-Nesyri (Sevilla-ESP) e Sofiane Boufal (Angers-FRA).
  • Técnico: Walid Regragui
  • Capitão: Romain Saïss
  • Destaque: Achraf Hakimi
  • Jogos: Croácia (23/11), Bélgica (27/11) e Canadá (01/12)
  • Prognóstico: Briga firme pela segunda vaga do grupo
  • Melhor participação: oitavas de final (1986)
  • Ídolos históricos: Ahmed Faras, Noureddine Naybet e Youssef Safri
  • Maior goleador: Ahmed Faras (36 gols)
  • Jogador que mais vezes atuou: Noureddine Naybet (115 jogos)

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: