21.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 6 fevereiro 2023

Mata-mata da Copa do Mundo: Brasil e Argentina caem em chave acessível, enquanto outro lado tem “mini-Eurocopa”

Brasil e Argentina são os únicos campeões mundiais que figuram na chave A e, por isso, são os principais favoritos a protagonizarem a semifinal do lado

A última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo foi lotada de zebras em seus principais jogos, o que ocasionou um chaveamento surpreendente para as eliminatórias. Com o avanço da Espanha no segundo lugar do Grupo E, após derrota para o Japão, um desequilíbrio entre os lados se criou.

- Participe da comunidade do Mais Minas no WhatsApp e seja o primeiro a ser informado de novas notícias. CLIQUE AQUI PARA ENTRAR.


Brasil e Argentina são os únicos campeões mundiais que figuram na chave A e, por isso, são os principais favoritos a protagonizarem a semifinal do lado. Na sequência, em termos de tradição, surge a Holanda, mas que não vive grande momento. Estados Unidos, Croácia, Japão, Coreia do Sul e Austrália compõem os confrontos.

Holanda x Estados Unidos – 03/12 (12h)

O confronto entre holandeses é um dos mais equilibrados da segunda fase. O time de Louis Van Gaal não faz grande Copa do Mundo, e avançou na primeira posição por conta da fragilidade do Grupo A. Por sua vez, os Estados Unidos chegam com moral, já que conseguiram empatar com a Inglaterra e vencer o Irã, na última rodada, para atingirem o mata-mata.

Argentina x Austrália – 03/12  (16h)

Apesar de um início trepidante, a Argentina bateu Polônia e México, e conseguiu ser líder do Grupo C. O time de Lionel Scaloni tem evoluído e promete dar trabalho no Mundial. Do outro lado, aparece a Austrália, uma das grandes surpresas da Copa, que venceu Tunísia e Dinamarca.

Quem passar de Argentina e Austrália enfrenta Holanda e Estados Unidos, nas quartas de final.

 Messi luta por seu primeiro título mundial
Messi luta por seu primeiro título mundial – Foto: @argentina

Japão x Croácia – 05/12  (12h)

O Japão chocou o mundo ao vencer, de virada, Espanha e Alemanha, e ser líder do Grupo E. Os Samurais agora desafiam outro europeu, a atual vice-campeã Croácia, que fez uma primeira fase de recuperação e conseguiu eliminar a Bélgica. A tendência é que a partida seja equilibrada, pondo, frente à frente, duas escolas distintas de futebol.

Brasil x Coreia do Sul – 05/12 (16h)

Os brasileiros decepcionaram perdendo para Camarões usando o time reserva. Mas nas primeiras rodadas, o Brasil se deu bem e bateu, com protagonismo, Sérvia e Suíça. O grande problema que assola a Seleção Brasileira é a questão física, dado os cortes de Alex Telles e Gabriel Jesus, além das incertezas vividas acerca de Alex Sandro, Danilo e Neymar.

No último mês de junho, o Brasil goleou a Coreia do Sul, em amistoso, por 5 a 1. Os coreanos tentarão a revanche embalados com uma classificação histórica, vencendo Portugal nos minutos finais. Quem passar, enfrenta o vencedor de Japão e Croácia.

O outro chaveamento é repleto de confrontos e possibilidades mais pesadas. De oito times, seis são europeus e dois são africanos. Uma espécie de Eurocopa reduzida se desenhou, com possibilidades de afunilar-se ainda mais nas quartas de final.

França x Polônia – 04/12 – (12h)

Franceses e poloneses abrem o segundo dia de mata-mata da Copa do Mundo neste domingo (04). A tendência é uma classificação consistente da França, pelo elenco poderoso e pelo baixo nível de futebol apresentado pela Polônia na fase de grupos.

Inglaterra x Senegal – 04/12 (16h)

A Inglaterra também vive bom momento e foi uma das melhores equipes da primeira fase, fazendo sete pontos e tendo um ataque muito poderoso: nove gols. Do outro lado, o organizado time de Senegal aparece querendo surpreender, mesmo sem a presença do craque Sadio Mané.

França ou Polônia duelarão com Inglaterra ou Senegal na próxima fase.

Marrocos x Espanha – 06/12 (12h)

Marrocos é uma das gratas surpresas da Copa do Mundo.O time passou em um grupo difícil, com Bélgica, Croácia e Canadá, na liderança. O time conta com boas opções técnicas e é organizado. Já a Espanha começou avassaladora, mas empatou com Alemanha e perdeu para o Japão. Assim, a Fúria passou em segundo lugar e agora precisa se provar na fase final, mas segue como uma das postulantes à taça.

Espanha tenta se recuperar após derrota inesperada
Espanha tenta se recuperar após derrota inesperada – Foto: @SEFutbol

Portugal x Suíça – 06/12 (16h)

Assim como Brasil e França, Portugal escalou um time alternativo e perdeu a última rodada. Mas isso não alterou a liderança para os lusitanos, que tiveram boas atuações nas primeiras partidas e são favoritos a chegarem longe no Catar. A Suíça, conhecida por sua força defensiva, tem condições de surpreender e passar de fase.

A outra partida das quartas de final será feita por Portugal ou Suíça contra Espanha ou Marrocos.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: